Moda & Beleza

Em sua primeira entrevista depois do Miss Universo, Mayra Dias comenta polêmicas, comemora a evolução do concurso e fala sobre top 20: “Eu sabia que não seria fácil”

“Temos que aceitar e respeitar as pessoas da forma como são. O Miss Universo está experimentando formatos diferenciados. Está dando cada vez mais oportunidade para mulheres de diferentes idades e com histórias de vida fortes. Isto chama atenção e o público passa a olhar a competição de outra forma”, comemorou a Miss Brasil 2018

Publicado em 19/12/2018 | Por Ana Clara Xavier

O Miss Universo 2018 representou um novo passo histórico nos concursos de beleza. Em uma edição diversa, o programa teve uma enxurrada de polêmicas que envolviam críticas ao inglês das candidatas e até desclassificação por questões políticas, sem falar na linda Miss Espanha Angela Ponce, a primeira competidora trans da história do Miss Universo. “É uma pessoa incrível. Fiquei muito emocionada quando fizeram a homenagem no palco. Ela estava no seu direito de concorrer e acabou chegando naquele patamar. Teve uma trajetória maravilhosa”, elogiou a Miss Brasil Mayra Dias, que ficou no top 20 da premiação, em papo exclusivo com o site HT.

Mayra Dias no dia da premiação, que rolou neste domingo, ao lado apresentador do Miss Universo, o Steve Harvey (Foto: divulgação)

Para a musa brasileira, este destaque é sinônimo de evolução. “Temos que aceitar e respeitar as pessoas da forma como são. O Miss Universo está experimentando formatos diferenciados. Está dando cada vez mais oportunidade para mulheres de diferentes idades e com histórias de vida fortes. Isto chama atenção e o público passa a olhar a competição de outra forma”, comemorou. A ganhadora desta edição foi a Miss Filipina Catriona Gray, a candidata da África do Sul ficou em segundo lugar e a da Venezuela, em terceiro. “Catriona tem uma história incrível de vida. Compartilhávamos o mesmo sonho que era vencer e ela acabou conseguindo. Tudo acontece no tempo de Deus”, garantiu. Vem saber tudo sobre os bastidores desta competição sob a ótica de Mayra!

Ao mesmo tempo que o Miss Universo caminhou para um futuro mais igualitário, algumas polêmicas rondaram os bastidores. O concurso foi banhado por diversas polêmicas e, uma delas, teria envolvido a própria Miss Brasil Mayra Dias. De acordo com uma fake news que circulou nas redes sociais, a musa teria gritado ‘Lula Livre’ durante uma de suas apresentações e por isso teria sido tirada da competição. O boato em questão era completamente falso. “Rumores como este acontecem por pessoas que querem fazer fama em cima dos outros”, lamentou. No entanto, mesmo o assunto não passando de mentira, a amazonense garantiu ter sofrido as consequências. “Fiquei um pouco triste, inclusive, porque recebi muitos xingamentos estúpidos nas redes sociais por conta desta notícia falsa. Me chamaram de todos os nomes que alguém pode imaginar. Ser penalizada e criticada por algo que não fiz é algo muito chato. Tentei não me abalar por isso e levantar a cabeça”, informou Mayra. O boato se tratava de uma sátira do Portal do Rolando, mas passou a ser reproduzida por outras páginas e perfis pessoais no Facebook tratando a mentira como um fato. Ao todo, foram mais de dois mil compartilhamentos.

Mayra Dias desfilando na passarela do Miss Brasil vestindo o traje de banho (Foto: divulgação)

A outra polêmica que envolveu Miss Universo girou em torno da Miss Estados Unidos Sarah Rose Summers. Em vídeo divulgado mundialmente, a modelo aparecia criticando o inglês da candidata do Vietnã, H’Hen Nie, e do Camboja, Rern Sinat. Na publicação, ela conversava com a Miss Colômbia Valeria Morales e a Miss Austrália Francesa Hung. “Sinceramente, conheci a Miss Estados Unidos até mesmo antes do concurso, quando estava em Nova York na Semana do Clima. Acredito que as coisas não aconteceram da forma como foram divulgadas. Quando vi o vídeo, não achei nada demais. Acho que esta notícia saiu do controle”, lamentou Mayra. Recentemente, Sarah Rose Summers postou um vídeo em seu perfil se desculpando pelo ocorrido. “Nunca tive a intenção de ferir ninguém”, informou a Miss EUA.

Mayra Dias vestindo o traje de gala (Foto: divulgação)

Devido à dimensão do concurso, é claro que qualquer comentário proferido ou gesto inadequado é passível de críticas. Tentando não fazer parte de boatos, a Miss Brasil 2018 garantiu ter passado longe de fofocas. “Não consegui acompanhar a repercussão de tudo isso, porque tentei focar no concurso me privando nas coisas que aconteciam fora daquele espaço. Não queria que nada me atrapalhasse. Não dei muita importância para este assunto. Temos que tomar cuidado com o que falamos e fazemos lá dentro, porque estamos sendo vistas por todo o mundo e tudo toma uma proporção enorme”, explicou.

Muita gente apostou na Miss Amazonas e acreditou, até mesmo, que ela quebraria o jejum de 50 anos, já que a última vez que o Brasil ganhou foi em 1968 com Martha Vasconcellos. “Foi muito gratificante receber tanto carinho do público. Isto gera um sentimento de dever cumprido, porque dei o meu melhor. O resultado acaba sendo mera consequência quando se tem tanto amor. Isto é maior que qualquer coisa. Acredito que dei o meu melhor, afinal, era uma competição muito concorrida com 94 candidatas que também queriam muito ganhar. Fiz tudo o que estava ao meu alcance para representar o Brasil. Estou orgulhosa pelo simples fato de ter participado do Miss Universo. Eu sabia que não seria fácil”, afirmou Mayra Dias.

Mayra Dias em Pattaya Beach, um dos pontos turísticos que as Misses visitaram na Tailândia durante o concurso (Foto: divulgação)

Apesar de não ter levado a coroa para casa, a Miss Brasil garantiu ter ficado muito feliz por representar o nosso país e ainda ficar entre as 20 finalistas. “Não faria nada diferente. Agiria exatamente da forma como agi. Estou muito tranquila quanto ao meu desempenho”, informou. De acordo com ela, vivenciar tudo isso acabou sendo muito mais importante do que o resultado em si. “Foi uma experiência maravilhosa que ficará guardada para sempre na minha vida. Conheci muitas meninas diferentes, o que foi muito positivo. Consegui compreender melhor os meus limites e chegar até o final. Tudo acontece como tem que ser”, garantiu. Parabéns, nossa Miss Brasil!

Pesquisas relacionadas