Moda & Beleza

Designer inova em arranjos personalizados e entrega um diferente por semana. “Eu não sou muito convencional “

Marcelo Argento trabalha com o serviço de assinatura mensal de arranjos de flores e diz que o atendimento personalizado é um diferencial da Frô Ateliê.

Publicado em 28/03/2016 | Por Julia Pimentel

Então vamos falar de flores! E se a gente recebesse arranjos personalizados do jeitinho que a gente gosta toda quinta-feira na nossa casa? Sonho? Que nada! O designer Marcelo Argento já tratou de transformar isso em realidade. Com o comando da Frô Ateliê, Marcelo produz, semanalmente, diferentes buquês para seus clientes a partir de uma assinatura mensal. Em um bate-papo com o HT, ele contou que, além dos pedidos individuais e dos eventos que faz, o plano de assinatura dá um toque de cor e natureza nos lares e empresas que ele atende. “A entrada de um arranjo dentro de casa traz, para aquela família, bem-estar, felicidade e prazer. Pra mim, são três elementos bacanérrimos que o colorido de uma flor promove naquele ambiente”.

Arranjo Frô Ateliê (Foto: Reprodução)

Arranjo Frô Ateliê (Foto: Reprodução)

Marcelo, que antes trabalhava com produção de eventos, se sente sortudo em ter aproveitado a oportunidade que teve em trabalhar com o que gosta. “Naturalmente a vida vai te mostrando novas possibilidades. Cabe a você percebê-las ou não. Eu tive a sorte de perceber que esse hobby era um dom e transformar isso num negócio”. O designer tem a característica de inovar nos arranjos. “Eu acho que a mistura traz um arranjo rico. Muita gente acredita que um arranjo homogêneo é um arranjo bonito. Eu também acho isso dependendo da ocasião. Na informalidade do dia-a-dia, quanto mais mistura você propor às pessoas, mais rico vai ser o olhar delas e isso vai trazer mais alegria”. Com ele, vale mix de cores, tipos e tudo mais para garantir um arranjo exclusivo e a cara do cliente. “Eu não sou muito convencional. Eu não tenho medo de cor nem de mistura. Eu misturo tropical com flor nobre e o resultado final as pessoas curtem”.

"Eu não sou convencional". (Foto: Reprodução)

“Eu não sou convencional”. (Foto: Reprodução)

Ele, que sempre viveu no meio das flores e desenvolveu essa paixão desde cedo – a mãe do Marcelo sempre gostou de montar arranjos de flores -, explica que o tratamento personalizado é um diferencial da Frô. Além de entender o gosto de cada um, ele também se preocupa com o tamanho do vaso que vai ser usado e o local que as flores vão ficar. “É por troca de e-mails ou whastapps em que eu peço para a pessoa me mandar referências do que ela gosta. O Instagram e o Facebook também permitem uma troca onde a coisa evolui”.

Marcelo Argento gosta diferentes tipos de flores nos buquês (Foto: Reprodução)

Marcelo Argento gosta diferentes tipos de flores nos buquês (Foto: Reprodução)

A empresa, que já tem três anos no mercado carioca, atende principalmente um público mais ligado à moda, arte e cultura. E, segundo o designer, o sucesso pode ser relacionado à diferença na proposta dos arranjos. “O retorno que eu tenho é que isso não é tão comum no mercado, que é uma exclusividade do meu trabalho”. Para garantir a duração e a beleza das flores que oferece aos seus clientes, Marcelo destaca como fundamental conhecer os locais de compra – ele contou que todas as suas flores são encomendadas – e serem flores da estação. “Eu adoro flor e sempre a da época é o meu xodó. É ela quem está no seu apogeu, fresca e pronta para ser usada. Não está indo contra a natureza”.

Pesquisas relacionadas