Gente & Comportamento

“Sempre trabalhei de domingo a domingo a minha vida inteira”, justificou Reynaldo Gianecchini sobre período mais tranquilo profissionalmente

O ator garantiu que está em uma fase mais madura de sua carreira e por isso prefere focar em um trabalho de cada vez, fugindo da loucura que é emendar um projeto no outro. Por enquanto, o galã não possui nenhum outro plano para televisão ou cinema e afirma estar muito bem com isso

Publicado em 20/03/2018 | Por Ana Clara Xavier

Reynaldo Gianecchini se consolidou um dos maiores galãs da atualidade e este reconhecimento trouxe muitos aspectos positivos para a sua vida. Depois de ter interpretado o Pedro em A Lei do Amor, o ator não voltou mais para às telinhas. O trabalho foi realizado em 2016, na Globo, e desde então ele tem se dedicado a outros projetos pessoais. O motivo é claro: ele está usando o tempo para curtir um pouco mais a vida. Com 45 anos, o artista está usufruindo de sua representatividade para realizar um trabalho de cada vez, com calma e dedicação. “Estou em um momento da minha carreira no qual posso me proporcionar a fazer uma única coisa. Isso acaba sendo uma realização, uma época de maturidade. Sempre trabalhei de domingo a domingo a minha vida inteira e tem uma hora que a gente não quer mais ficar fazendo mil coisas. Estou bem feliz de poder me dedicar totalmente a este espetáculo, graças a Deus”, afirmou.

Gianecchini está em cartaz com o espetáculo Os Guardas do Taj (Foto: Divulgação)

O espetáculo em questão é Os Guardas do Taj, em cartaz em São Paulo. A peça tem como tema central a curiosidade humana, a prepotência de pessoas poderosas e a amizade entre dois rapazes. “Está sendo um dos trabalhos mais queridos, porque toca em algo muito legal dentro de mim ao falar da amizade e questionar o que queremos de verdade, sem seremos uma espécie de gado que apenas segue o que os outros dizem. É um tema muito atual embora se passe na Índia em 1600 e pouco”, comentou.

View this post on Instagram

Com amor,pra Tônia!🙏 #osguardasdotaj

A post shared by Reynaldo Gianecchini (@reynaldogianecchini) on

A temporada começou em janeiro e iria terminar no dia 25 de março, mas foi estendida até o dia 01 de abril deste ano.  A razão de ficar tanto tempo em cartaz é o reconhecimento que o espetáculo vem tendo desde 2017, quando Gianecchini e o companheiro de palco, Ricardo Tozzi, fizeram uma turnê por Portugal com a peça. “Estou amando fazer. Está sendo uma temporada linda, adoro fazer teatro em São Paulo. Acho que a peça está conseguindo se comunicar lindamente com o público. Estou feliz com a resposta das pessoas”, comemorou.

Até o momento, o ator não possui nenhum trabalho em vista tanto para o cinema como para a televisão. “Para falar a verdade nem quero, porque estou num momento de descansar. Vivo uma fase mais madura na minha carreira. A princípio não tem nada que posso falar”, completou.

 

Serviço: 

Os Guardas do Taj

Sextas e Sábados, às 21h, Domingo 18h

Local: Teatro Raul Cortez – Rua Dr. Plínio Barreto 28

Fone de informações: (11) 3254-1631

 

Pesquisas relacionadas