Gente & Comportamento

“Pequeno Palácio do Sorriso”: venha conhecer o Instituto Bibancos de Odontologia, um novo conceito de como você pode tratar dos seus dentes

Cirurgião-dentista especialista em Odontopediatria, Ortodontia e Mestre em Saúde Coletiva, Fábio Bibancos lançou nesta semana o portal da clínica que conta sobre os tratamentos, serviços e a equipe das unidades do Rio de Janeiro e de São Paulo

Publicado em 25/10/2016 | Por Julia Pimentel

“O sorriso é a porta da alma”. A frase foi dita pelo doutor Fábio Bibancos, mas para ele, nada disso é tão importante quanto o cuidado e a satisfação de seu paciente. E não é historinha.

Fábio Bibancos é fundador e presidente do Instituto Bibancos de Odontologia, que tem sede no Rio de Janeiro e em São Paulo. Por lá, o excelente tratamento odontológico é visto apenas como cumprimento de obrigação. A clínica se destaca e faz história pelo seu atendimento humanizado, carinhoso e peculiar.

Dr. Fábio Bibancos (Foto: Divulgação)

Dr. Fábio Bibancos (Foto: Divulgação)

Entenda: Fábio Bibancos é o dentista fundador da ONG Turma do Bem, que atende mais de 65 mil crianças carentes: “Beleza não é bobagem. Ter os dentes é um direito de todos”

“Existem milhões de dentistas no Brasil que, em sua maioria, são muito bem formados. Porém, se a gente não trabalhar em prol do bem estar do outro, não tem justificativa que explique a nossa escolha por atuar na área da saúde. Eu acho que o diferencial de mercado hoje, com as relações humanas tão distorcidas, é esse zelo com o próximo. Eu só contrato um dentista quando ele me prova que é capaz de se colocar no lugar do outro e fazer o possível para que o paciente fique feliz e realizado. Tecnologicamente, eu consigo capacitar um profissional para fazer um clareamento, por exemplo. Mas eu não tenho como ensinar um dentista a ser generoso e humano com o próximo”, avaliou.

Recepção do Instituto Bibancos de Odontologia do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

Recepção do Instituto Bibancos de Odontologia do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

Conhecido como o dentista das celebridades, Bibancos mostrou que é muito mais que isso. Com a proposta de ter sempre o bem-estar do outro como o principal objetivo de um tratamento odontológico, o dentista acredita que esse seja o segredo que o mantém no mercado há 30 anos.  Ele consegue. O Instituto Bibancos de Odontologia é muito diferente daquele conceito que temos de consultório de dentista. De cara, o Instituto possui uma decoração moderna, aconchegante, acolhedora e que faz qualquer um esquecer que está em um consultório. Seguindo a experiência, desde o primeiro “seja bem-vindo” até o “até logo”, o clima de alegria em trabalhar com o que gosta é notável e tranquilizante. Depois dessa recepção, o procedimento odontológico em si é apenas mais uma etapa.

Decoração do Instituto Bibancos de Odontologia do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

Decoração do Instituto Bibancos de Odontologia do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

Leia também: Fábio Bibancos participa do “Caldeirão do Huck” e realiza sonho de jovem que gostaria de alinhar os dentes: “É um trabalho que resgata a autoestima”

Braço direito de Fábio Bibancos há 11 anos, o doutor Leonardo Ganzarolli concorda que, de fato, a clínica não segue os padrões estéticos de consultório odontológico. “O Instituto é como se fosse uma casa na qual a pessoa se sente bem recebida e fica à vontade, desde a entrada até a saída. Aqui, nós nos colocamos sempre no lugar do outro… empatia sempre”.

No mundo corrido de hoje, apesar da importância indiscutível, o cuidado com a saúde nem sempre é posto como prioridade. Para isso, a clínica aposta em um serviço compilado a algumas horas para um resultado final e rápido. “Pensando em otimizar as oportunidades dos nossos pacientes de virem até a clínica, nós criamos um sistema de ‘Day Clinic’, no qual a gente faz um atendimento geral em um único dia. A proposta é que o paciente venha ao dentista e fique muitas horas, mas resolva tudo de uma vez só e em poucas idas ao consultório. Para isso, nós temos uma gestão clínica desse atendimento para que todos os procedimentos possam ser feitos de maneira lógica”, explicou Leonardo, que conta com uma equipe de profissionais especializados em diferentes áreas nas unidades do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Leia também: Onde manda a imagem, boca bonita reina: Fábio Bibancos fala sobre a relação entre as redes sociais e a beleza bucal

“Outro diferencial é que quando a gente planeja um tratamento odontológico, é sempre visando a qualidade de vida do paciente. Então, se uma pessoa recém-separada decide cuidar da boca para ter um novo sorriso e o tratamento adequado seria colocar um aparelho, nós tentaremos achar uma solução. Afinal, o que era para solucionar uma tristeza por causa do fim do relacionamento pode virar uma frustração ainda maior. Ou seja, no momento em que planejamos o tratamento odontológico, pensamos no estilo de vida e nas necessidades individuais de cada um”, acrescentou Leonardo.

Instituto Bibancos de Odontologia do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

Instituto Bibancos de Odontologia do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

Leia também: A moda vintage da odontologia: As lentes de contato são facetas de cerâmica ultrafinas que solucionam algumas imperfeições de cor, forma e posição dos dentes

Para dar conta de um tipo de trabalho odontológico tão diferenciado e que faz sucesso há três décadas, a seleção para os integrantes deste time precisa ser analisada de perto. Segundo Fábio Bibancos, o ponto mais importante e fundamental que um candidato precisa ter para fazer parte do Instituto Bibancos de Odontologia é, claro, a empatia e o respeito ao próximo. “Quando agregamos pessoas novas à equipe do instituto, nós precisamos garantir que elas tenham os mesmos valores. Hoje em dia, quando tratamos de família logo associamos ao sentido de careta. Mas eu acho que é esse clima familiar e afetuoso, nada careta, que garante o bem-estar das relações na clínica. Bons dentistas existem milhares. Porém, profissionais humanistas estão cada vez mais escassos. Ainda mais nessa selva onde nós vivemos, esse tipo de tratamento diferenciado é ainda mais difícil. São peças raras. Então, tudo o que a gente puder fazer para amenizar essa relação chata entre dentista e paciente, nós iremos fazer. Prova disso é que eu tenho pacientes há 30 anos sentados na minha cadeira”, explicou.

Leia também: Brancorexia: cuidado com essa moda. Fábio Bibancos explica as precauções para se ter dentes brancos

Que o trabalho de Fábio Bibancos é totalmente diferenciado, surpreendente e até emocionante nós não temos dúvidas. Humilde e generoso, o dentista acredita que o sucesso é apenas uma conseqüência das boas ações praticadas todos os dias. “Para mim, a fórmula é ser íntegro, honesto, decente e fazer tudo direitinho. Eu não acho que eu faço isso pensando em uma recompensa. A meu ver, fazendo o certo, eu me vejo em um terreno muito sólido e que a vida me proporciona esse retorno. Isso é importante. Com a quantidade de desonestidade que a gente vê a cada dia, nós somos uma prova de que é possível fazer o bem e ser correto nesse mundo moderno e maluco que vivemos hoje”, declarou. Adoramos, doutor!

A leveza e alegria do Instituto Bibancos de Odontologia lhe renderam o apelido de "Pequeno Palácio do Sorriso" (Foto: Divulgação)

A leveza e alegria do Instituto Bibancos de Odontologia lhe renderam o apelido de “Pequeno Palácio do Sorriso” (Foto: Divulgação)

Leia também: Em sua coluna semanal, Fábio Bibancos responde à pergunta: “Os dentes também têm visão Raio X como Superman?”

Quer conhecer ainda mais o Instituto Bibancos de Odontologia ou como amamos chamar, o “Pequeno Palácio do Sorriso”? Essa semana foi lançado o novo site: http://www.bibancos.com.br . Lá você conhece a equipe de dentistas, as instalações, os serviços, os sorrisos, as matérias de revistas e muito mais!

A leveza e alegria do Instituto Bibancos de Odontologia lhe renderam o apelido de "Pequeno Palácio do Sorriso" (Foto: Divulgação)

A leveza e alegria do Instituto Bibancos de Odontologia lhe renderam o apelido de “Pequeno Palácio do Sorriso” (Foto: Divulgação)

Leia também: Quatro razões para praticar o seu sorriso! Fábio Bibancos fala sobre como o hábito interfere no cotidiano

*Quem ficou encarregado de colocar a ideia do site “no papel” foi a agência de comunicação Miss Lily, que tem a talentosa designer/ilustradora Claudia Liz e Tais Saraiva, diretora executiva.

Achamos lindo, e você?

Leia também: Fábio Bibancos aborda um tema polêmico em sua coluna semanal aqui no site HT: a bichectomia. Vem entender

Leia também: “Seu namorado/marico ronca?” Em sua coluna semana, Fábio Bibancos afirma que o dentista pode resolver este problema…

*Fábio Bibancos é cirurgião-dentista especialista em Odontopediatria, Ortodontia e Mestre em Saúde Coletiva, formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Com consultório em São Paulo e no Rio de Janeiro, Fábio é autor de “Um sorriso feliz para seu filho” (CLA Editora),  “A Guerra dos Mutans”, “Boca!” e “Sorrisos do Brasil”, além de já ter sido eleito Empreendedor Social 2006 pela Schwab Foundation (ligada ao Fórum Econômico Mundial de Davos) e integrante do Fellow Ashoka (uma rede de empreendedores sociais presente em 65 países). Além de assinar uma coluna semanal neste espaço, está à frente do projeto Turma do Bem, a maior rede de voluntariado especializado do mundo: o dentistas do bem.

Leia também: Fábio Bibancos comenta sobre o perigo de níveis elevados de mercúrio em nossa corrente sanguínea. “Mas e aí, devo trocar as minhas restaurações de amálgama por resina?”

SERVIÇO:

Instituto Bibancos de Odontologia: O2 Corporate & Offices

Avenida José Silva de Azevedo Neto. 200

Barra da Tijuca

Telefone – (21) 3736-7191

Pesquisas relacionadas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,