Gente & Comportamento

Na rota do feijão amigo: HT faz uma ronda esperta e relaciona locais onde a feijoada impera neste carnaval. Confira!

Prato perfeito para segurar as pontas da trinca "samba, suor & ouriço", o quitute reina durante a folia de Momo em versões para todos os gostos!

Publicado em 09/02/2015 | Por Alexandre Schnabl

O Rio já começa a se movimentar com o carnaval e, além do samba, folia, praia, purpurina e corpos desnudos, os festejos de Momo combinam naturalmente com  a feijoada, típico prato brasileiro que virou pièce de resistence na Cidade-Maravilha durante o feriadão desde os anos 1980, quando Ricardo Amaral instituiu o famoso badalo carnavalesco regado a esse acepipe no extinto Hippopotamus. Bons tempos. O hábito persistiu e, além das feijoadas especialmente promovidas por escolas de samba –como a que rolou neste sábado (7/1) no Royal Tulip organizada pela Grande Rio –, os restaurantes cariocas também providenciam cardápios que privilegiam o feijão, perfeitinho para antes do badalo noturno ou mesmo depois, para aqueles foliões que não aguentam esperar o café de manhã pra forrar o estômago, ou ainda para quem virar a noite inteira nem chega a ser opção.

Sim, tem feijão para todos os gostos (e bolsos!), e nada é mais democrático na cozinha do que este prato trazidos pelos escravos africanos e transformado em símbolo nacional. HT fez uma ronda esperta e lista as casas que oferecem o feijão-maravilha durante o carnaval, tanto aquelas nas quais a iguaria já faz comumente parte do cardápio quanto aquelas que se prepararam especialmente para a festa. Sim, a festa é da carne, mas, que ela venha de preferência banhada num feijaozinho amigo, daqueles de dar água na boca. Confira as opções, do standard ao luxo.

Dentro os locais  que primam pela boemia, a Academia da Cachaça oferece o quitute todos os dias e a qualquer hora, já que não existe tempo certo pra a larica carnavalesca, nem para o rugir do estômago. Carnes nobilíssimas dão as cartas e a feijoada é servida com uma dose de cachaça, of course. Além disso, o prato ainda chega com arroz branco, couve refogada e farofa (R$ 86,90 para duas pessoas). “Nossa feijoada era servida somente na casa da Barra, aos finais de semana. Garantimos o padrão de qualidade e o processo de produção e, com isso, o prato passou a ser vendido todos os dias, nas duas casas, em qualquer horário. Além disso, nossa feijoada responde por mais da metade dos pedidos de entrega na casa dos nossos clientes”, diz a sócia Eveline Sidi. E para harmonizar, a consultora da casa Deise Novakoski, aposta na cerveja de Bacuri Witbier (R$ 16,90), produzida pela cervejaria artesanal Amazon Beer, em Belém. Segundo Deise, combinação  perfeita, pois é tal cerveja é e cai como uma luva com receitas encorpadas.

Academia da Cachaça: feijaozinho "full time" pra agradar a foliões de todas as horas (Foto: Berg Silva Divulgação)

Academia da Cachaça: feijaozinho “full time” pra agradar a foliões de todas as horas (Foto: Berg Silva Divulgação)

Para a chef  Kátia Barbosa – famosa pelo seu bolinho de feijoada do Aconchego Carioca e da recém-aberta Comedoria –, “a iguaria é uma ótima pedida para brasileiros e também estrangeiros que querem experimentar um pouco da nossa culinária local, mas não querem encarar uma feijoada de fato. Recheado com couve e bacon, ele vem acompanhado de torresmo e batidinha de limão. No Aconchego, o preço é R$ 24 – 4 unidades e na Comedoria, R$ 26,90 – 4 unidades,  porque, afinal, o primeiro fica na emblemática Praça da Bandeira e a segunda é no Leblon. É Kátia quem brinca com a sutil variação de preços: “Isso faz toda a diferença, ué, rs!”

O famoso bolinho de feijão do Aconchego Carioca: para quem quer se lambuzar, mas não pretende se empanturrar (Foto: Divulgação)

O famoso bolinho de feijão do Aconchego Carioca: para quem quer se lambuzar, mas não pretende se empanturrar (Foto: Divulgação)

Na orla de Ipanema, o Astor, que andou inovando pesado nos drinques nos últimos tempos, ofereceo prato típico (R$ 38 – uma pessoa; R$ 70 – duas pessoas) somente aos sábados, mas ele chega à mesa completíssimo, como manda o figurino: em charmosas panelinhas de ferro. Além do feijão, a casa oferece cinco opções de carne — rabo, costela, paio, carne seca e lombo — e acompanhamentos tradicionais como couve, laranja, farofa, torresmo e arroz branco.

Astor: feijoada compelta para alegrar foliões de todos os gostos (Foto: Divulgação)

Astor: feijoada compelta para alegrar foliões de todos os gostos (Foto: Divulgação)

Entre os botequins-butique que abundam na cidade, o Botequim Informal quer pegaros foliões pela barriga, mesmo que esta seja invertida e suas donas, top models. A feijoada comparece em todos os dias de carnaval, em  todas as filiais da rede, com o prato completinho em caldeirões de barro individuais, mas que servem duas pessoas. Na casa, um dos mais famosos pratos regionais do país leva paio, carne-seca, toucinho, tudo no caldeirão de feijão (R$ 71,50 – duas pessoas). Para completar esse ritual quase religioso, torresmo, arroz branco, farofa e malagueta, laranja-bahia ou seleta.

Feijão-floclore: no Botequim Informal, a iguaria vem em panelinhas de barro (Foto: Divulgação)

Feijão-folclore: no Botequim Informal, a iguaria vem em panelinhas de barro (Foto: Divulgação)

Já para aqueles não abrem mão do badalo com o nariz em riste, a sofisticada Cavist preparou entre os dias 24/01 a 28/02 nas filiais de Ipanema, Shopping Leblon e Village Mall, uma feijoada esperta a R$ 54 por cabeça. O prato vem em uma panelinha individual só com carnes nobres de dar dó, como carne seca, costela, lombo, linguiça calabresa e paio. Para acompanhar, arroz branco, farofa na manteiga, couve à mineira, laranja e torresmo. E, para abrir o apetite, é servido um shot de caldinho de feijão e ainda aipim frito e linguicinhas. A feijoada é servida aos sábados nas três lojas, durante o horário do almoço.

Feijão dos chiques: Na Cavist, quitute para quem transpira savoir vivre (Foto: Divulgação)

Feijão dos chiques: Na Cavist, quitute para quem transpira savoir-vivre (Foto: Divulgação)

O tradicional Garden, em Ipanema, já antecipou a loucura e aproveitou a temporada de pré-Carnaval para lançar, no último dia 12 de janeiro, a “Feijoada do Rio”, oferecida de domingo a sexta, no almoço e no jantar. Ela chega à mesa em porção para duas pessoas (R$ 85), com as carnes servidas separadas. De acompanhamento tem arroz, farofa, couve mineira, torresmo, linguicinha frita e laranja. Outra novidade para esse período é uma carta só de caipirinhas, que podem ser feitas com cachaça Salina (R$ 16,50), Lua Nova (R$ 16,50) e Ypioca (R$ 14,50). As opções de sabor são limão, lima da pérsia, morango, maracujá, abacaxi, uva, caju, tangerina, tangerina com gengibre, kiwi e melancia. Pertinho dali na mesma Ipanema, o Garrafeiro Informal – local de clima descontraído, inspirado nos botequins do subúrbio carioca serve a tradicional feijoada em panelinhas de barro individuais (R$ 63,90 – duas pessoas). Entre as carnes que chegam com o feijão, paio, carne seca e toucinho. Para acompanhar, torresmo, arroz branco, farofa e pimenta malagueta e laranja.

Feijoada do rio: no Garden, o prato incorporou a carioquice até no nome (Foto: Divulgação)

Feijoada do Rio: no Garden, o prato incorporou a carioquice até no nome (Foto: Divulgação)

Mas, para quem curte um programinha cultural em meio à festa da carne, o  Mira! –localizado na Casa Daros, centro cultural em Botafogo – promete servirfeijoada em clima de festa, com direito a DJ tocando marchinhas e antigos clássicos carnavalescos para divertir os descolados. A cara da chef local, Roberta Ciasca (Miam Miam), que recebe os clientes, das 13h às 18h, com um bufê de feijoada completa, com as carnes oferecidas separadamente, além de doces em compota com creme de queijo, para a sobremesa, e batida de frutas (R$ 87 por pessoa). Mas, para quem não come feijoada, ela preparou um menu à la carte com alguns pratos tradicionais do restaurante. “È preciso diversificar, entrar na folia, mas atender a um público variado”, conta. O som ficará a cargo de Lincoln Otoni, da Gomus, que faz inclusive trilhas de desfiles de moda.

MIra!: no restaurente situado dentro da Casa daros, chef Roberta Ciasca promove o feijão dos modenos, perfeito até para quem não se identifica com a folia (Foto: Divulgação)

MIra!: no restaurente situado dentro da Casa Daros, chef Roberta Ciasca promove o feijão dos modernos, perfeito até para quem não se identifica com a folia (Foto: Divulgação)

Aos sábados e domingos, a partir das 12h, o Bistrô Brasileiro serve uma feijoada gourmet com embutidos artesanais da Pavelka (R$ 85 para duas pessoas). Para começar, uma linguicinha-aperitivo de dar água na boca. A feijoada vem com lombo, costela, carne seca, paio e linguiça, além de farofa Panko, laranja e couve. Todos os embutidos da marca são produzidos artesanalmente com carnes nobres, o que garante o paladar diferenciado. E, para acompanhar o quitute, o restaurante oferece uma promoção: na compra de uma caipirinha, a segunda é cortesia da casa. Só não se sai tropeçando porque o prato forra o estômago…

Antes de se tornar chef, Carolina Caldas, do bistrô Santa Satisfação, trabalhou com moda e foi gerente de produto de grifes que fizeram sucesso nos anos 1970/80, como Dimpus e Dijon. Daí seu apreço pelo acabamento visual da casa, pelo merchandising visuale pelo tratamento da comida como se fosse desenvolvimento de produto. Agora, a feijoada ganha espaço no cardápio da casa, oferecida aos sábados nas lojas do Leblon e de Copacabana. No caso, um típico prato mineirinho, que acompanha arroz branco, farofa, laranja, couve e feijão preto com carne seca, paio, costelinha, lingüiça e lombo, a um preço convidativo (R$ 49,50). De lamber os beiços.

Mineirim: chef Carolina Caldas cuida da sua feijoada mineira com  o cuidado de quem desenvolve uam coleção de moda (Foto: Divulgação)

Mineirim: chef Carolina Caldas cuida da sua feijoada mineira com o cuidado de quem desenvolve uam coleção de moda (Foto: Divulgação)

Por fim, o Volta – restaurante especializado em gastronomia brasileira dos mesmos proprietários do badalado Venga, de gastronomia espanhola –, começou a servir feijoada completa (R$ 95,00 – serve 2 pessoas) aos sábados e domingos, a partir do dia 31 de janeiro. Quem quiser provar tem até 28/2 para dar um chega lá. Depois, bye bye. A receita do chef Fernando Pavan leva paio, calabresa, costela suína fresca, lombo suíno fresco, carne seca de boi, orelha de porco e pé de porco. E, para acompanhar, vem com aipim cozido e finalizado na brasa, farofa de couve, arroz e gomos de laranja. Feijão-gourmet, meu bem.

Serviço:

Academia da Cachaça Leblon – Rua Conde Bernadote, 26/ lojas E, F e G. Tel.: 2529-2680/ 2239-1542. Capacidade:180 lugares. Domingo a quarta das 12h à 01h; Quinta a sábado das 12h às 02h. C.c: todos; C.d: todos; Cartões de refeição: TR, Sodexo, Visa Vale. www.academiadacachaca.com.br

Academia da Cachaça Barra da Tijuca – Av. Armando Lombardi, 800/ loja 65 L. Tel.: 2492-1119. Capacidade: 150 lugares. Segunda das 12h às 17h; Terça a quinta das 12h à 01h; Sexta e sábado das 12h às 02h; Domingo das 12h às 20h. C.c: todos; C.d: todos; Cartões de refeição: TR, Sodexo, Visa Vale. www.academiadacachaca.com.br

 Aconchego Carioca – Rua Barão de Iguatemi, 379, Praça da Bandeira – Rio de Janeiro. Capacidade: 86 lugares. Tel: 2273- 1035. Terça a sábado, 12h às 23h; domingo, 12h às 17h. C.c: todos; C.d: todos; Cartões de refeição: Sodexo, Visa Vale, TR. www.aconchegocarioca.com.br

Astor – Av. Vieira Souto, 110, Ipanema. Tel.: 25230085. (200 lugares). Horário: Segunda a quarta, das 18h à 1h; Quinta, das 18h às 02h; Sexta e sábado, das 12h às 03h; Domingo, das 12h às 22h. C.c: todos. C. d.: todos. Manobrista. www.barastor.com.br. Horário especial de Carnaval: 16/02 e 17/02: das 16h às 3h

Botequim Informal Leblon: Rua Conde de Bernadote 26/loja O, Leblon. Tel.:2540-5504. 120 lugares. Domingo a quarta funciona das 12h até à 1h. Quinta a sábado, das 12h até às 2h. Cc.: todos, menos Amex. Cd.: todos. Cr.: VisaVale. T.: TR, Sodexho, VR (somente de segunda a sexta-feira no almoço). Manobrista: não

Botequim Informal Niterói: Avenida Quintino Bocayuva 151, lojas 103, 104 e 105, São Francisco, Niterói. Tel.: 2610-3031 (144 lugares). Horário de funcionamento: Segunda a quinta, 12h até 1h. Sexta e sábado de 12h até 3h, e domingo 12h até 1h. Cc.: Todos, menos Amex. Tíquetes: VisaVale, TR e Sodexho (somente de segunda a sexta-feira no almoço)

Botequim Informal Botafogo: Praia de Botafogo 400, 8º piso/Loja 810, Botafogo Praia Shopping. Tel.: 3171-6442 (100 lugares). Horário de funcionamento: Diariamente, das 12h a 1h. Cc.: Todos, menos Amex. Tíquetes: VisaVale, TR e Sodexho (somente de segunda a sexta-feira no almoço). Estacionamento no shopping

Botequim Informal Copacabana: Rua Domingos Ferreira 215 A, Copacabana  Telefone: 3816-0909 (100 lugares). Cc.: Todos, menos Amex. Funciona diariamente das 12h às 2h. T.: VisaVale, TR e Sodexho (somente de segunda a sexta-feira no almoço)

Botequim Informal Copacabana 2: Avenida Nossa Senhora de Copacabana 434/ Loja A, Copacabana (140 lugares). Telefone: (21) 2547-2871. De domingo a quinta-feira das 11h à 1h; sexta e sábado das 11h à 2h. Cc.: Todos, menos Amex. T.: TR, Sodexho e VR (somente de segunda a sexta-feira no almoço)

Botequim Informal Shopping Leblon – Avenida Afrânio de Mello Franco 290/Piso L4/loja 402 A. Telefone: 2529-2614 (144 lugares). De domingo a quinta-feira das 12h à meia-noite; sexta e sábado das 12h à 1h. Cc.: Todos, menos Amex. T.: VisaVale, TR e Sodexho (somente de segunda a sexta-feira no almoço). Estacionamento no shopping.

Botequim Informal Norte Shopping – Avenida Dom Hélder Câmara 5080 / Loja 4702, Cachambi (200 lugares). Telefone: 2229-3145 / 2229-3205. De domingo a quinta-feira das 12h à 1h; sexta e sábado das 12h à 2h. Cc.: Todos, menos Amex. T.: TR, Sodexho e VR (somente de segunda a sexta-feira no almoço). Estacionamento no shopping

Botequim Informal Barra (NYCC) – Av. Américas 5000 / lojas 119 e 120, Barra da tijuca. Tel.: 21 2408-3105. 200 lugares. Todos os dias a partir das 12h até o último cliente. Cc.: Visa e Master

Cavist Shopping Leblon: Avenida Afrânio de Melo Franco nº290 Loja 403. Tel.: 3875-1566 (54 lugares). De segunda a quinta das 10h às 0h, Sexta e sábado das 10h à 1h, Domingo 12h às 0h. CC todos. www.cavist.com.br

Cavist Ipanema: Rua Barão da Torre, 358 Tel.: (21) 2123-7900 (110 lugares). Reservas em dois horários: 20h e 22h. Restaurante: segunda a sábado das 12h à 0h. Loja: segunda a sábado das 9h30 à 0h. CC todos. Manobrista.www.cavist.com.br 

Cavist Barra: Rua Érico Veríssimo, 901 loja A, Barra. Tel. 2493-6161 (50 lugares). Restaurante: De segunda a sábado, das 12h à 1h. Loja: segunda a sábado das 10h à 00h. CC.: todos. Manobrista. www.cavist.com.br

Cavist Village Mall: Avenida das Américas, 3.900, loja 201 – Barra da Tijuca. Tel.: 3252-2747 (60 lugares). De segunda a sábado das 11h à 0h, domingo das 12h à 0h. CC todos. CD todos. Estacionamento no shopping.www.cavist.com.br

Comedoria – Rua Rainha Guilhermina, 48 – Leblon. Tel.: 2294-2913. Domingo a quinta, das 12h à meia noite, Sexta e sábado, das 12h às 4h. 90 lugares. Aceita todos os cartões

Garden – Rua Visconde de Pirajá, 631, loja B, Ipanema, Cep: 22410 001. Tel: 2259-3455. Capacidade: 100 lugares. Horário: De seg. a sáb., das 12h às 1h, dom., das 12h às 18h Cc.: Mastercard, Dinners e Visa. Manobrista.www.gardenrestaurante.com.br

Garrafeiro Informal Ipanema – Rua Barão da Torre 348, Ipanema. Tel: 2247-6712 / 2247-6711 (108 lugares). Diariamente, das 12h às 2h. CC.: Todos. Tíquete: VisaVale, TR, Sodexho e VR (somente na hora do almoço). Manobrista terceirizado.

Mira! Cozinha & Café – Rua General Severiano 159 – Casa Daros – Botafogo. Tel.: 2275-0737. Número de lugares: 120. Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 12h às 17h; sábados e domingos, das 12h às 18h. Cartões de crédito: todos. Cartões de débito: todos 

Q Bistrô Brasileiro – Rua Dias Ferreira, 617, Leblon. Tel.: 2113-0564 / 2113-0594. De 2ª a 6ª feira, das 12h à 1h. Sábados e domingos, das 13h à 01h. Cartões de crédito: Visa, Mastercard e Diners

Santa Satisfação Leblon –  Av. Ataulfo de Paiva, 1335. Tel.: 2529 2063. De 11h a 0h (seg. a qui.), 11h a 1h (sex e sab), 10h as 23h (dom.). (30 lugares). C.c.:todos. Cr.: Visa Vale, TR e Sodex

Santa Satisfação Copacabana – Rua Santa Clara, 36 (Tel: 2255 9349). Cep: 22041-012. Capacidade: 40 lugares. De 2ª a Sábado, das 08h30 às 23h. C.c.:todos. Cr.: Visa Vale, TR e Sodex

Volta: Rua Visconde de Carandaí, 05 – Jardim Botânico. Tel.: 3204-5406. Capacidade: 58 lugares. Horário: de segunda a quarta, das 12h às 24h. De quinta a sábado, das 12h à 01h. Domingo, das 12h às 18h. Cc.: todos. C.d.: todos. Cartões de refeição: sodexo. www.restaurantevolta.com.br

Pesquisas relacionadas