Gente & Comportamento

Mica Rocha lança livro sobre amor próprio no qual abriu o seu coração sobre episódios de bullying na escola e a dificuldade de escolher uma carreira

A apresentadora chegou a pensar que seria uma estilista antes de se dedicar ao mundo dos livros e relacionamentos. Vem ler nosso papo com ela na primeira fila do desfile Senai Brasil Fashion, que rolou no Rio, nessa segunda-feira

Publicado em 28/11/2017 | Por Ana Clara Xavier

Mica Rocha nunca soube muito bem qual profissão iria seguir em sua vida adulta. Mas quem não sabia qual seria o seu futuro, ela está se saindo muito bem como apresentadora de TV, autora de livro e influenciadora digital. A última aquisição dela para aumentar o currículo é o lançamento do exemplar Manual do Amor Próprio que acontece nesta quinta-feira, em São Paulo. As linhas do texto praticamente unem todas as experiências que ela já teve em sua vida, que culminaram na descoberta do amor próprio. “Não falo apenas sobre relacionamentos amorosos. Exploro também a escolha profissional, a briga com o espelho, falo de bullying e outras coisas que eu mesma vivenciei na minha vida. Resgatei muitas histórias minhas e de conhecidos para formar o texto. Me abri bastante ao escrever este livro, porque não quero parecer uma pessoa que é especialista em um assunto. Quero passar a imagem de quem sou. Descobri o amor próprio através do autoconhecimento e conto como foi esta experiência”, informou em papo na primeira fila do Senai Brasil Fashion, que rolou no Rio de Janeiro, nessa segunda-feira. Mica deixou claro que a sua intenção não é parecer uma estudiosa no assunto, na verdade quer mostrar como uma pessoa comum pode embarcar nesta jornada até o encontro de si mesmo.

Mica Rocha lança o livro Manual do Amor Próprio nesta quinta (Foto: Marcelo Soubhia/Agência Fotosite)

Escrever o livro foi fácil e difícil, ao mesmo tempo, porque a autora precisou revisitar cenas conturbadas de seu passado para mostrar a sua tese. Entre momentos alegres e tristes, o episódio de bullying que sofreu na escola foi um dos mais complicados de relatar. “Falei sobre um episódio de bullying muito grande que sofri na minha vida. Tive que sair do colégio e fiquei mal por um tempo. Conto, a partir disto, como um episódio ruim como este pode gerar, futuramente, escolhas equivocadas, porque estes rótulos das pessoas ficam na nossa cabeça e acabam nos influenciando”, explicou. No exemplar, Mica resolveu colocar cada lição em ordem cronológica do que viveu, ou seja, começou pela escola, passando pela carreira e chegando aos relacionamentos amorosos.

A apresentadora também dá luz ao universo dos relacionamentos no programa que participa na FOX (Foto: Marcelo Soubhia/Agência Fotosite)

Para provar que não é mentira o quanto ela gosta de observar as relações entre os seres humanos, Mica Rocha apresenta o programa da FOX, Pedidos Incríveis. A série exibe diversas pessoas diferentes que querem fazer um pedido extraordinário de casamento para o parceiro. A apresentadora acompanha os apaixonados nesta trajetória em busca do sim. Para ajudar nestas propostas inusitadas, quatro publicitários se reúnem e imaginam qual seria o cenário perfeito para cada história. “Gosto de relacionamento. Tudo que faz parte da ideia de comportamento do homem em sociedade me atrai. Estes quadros me inspiram a entender melhor a desenvoltura de cada um e quem está de fora acaba refletindo sobre a sua própria vida. Falar sobre estas uniões amorosas sempre é inspirador”, garantiu.

Ela contou que já pensou em ser estilista (Foto: Marcelo Soubhia/Agência Fotosite)

Recentemente, Mica conseguiu compilar, em um só lugar, tudo o que ama: relacionamentos e moda. A apresentadora resolveu seguir o boom da internet e criar o seu próprio canal no youtube que, atualmente, possui setenta e sete mil inscritos. O espaço foi ideal pra dar vida a algo que sempre gostou, mas acabou não seguindo a carreira. “Gosto de moda desde que era pequena. Até me confundi, na verdade, achando que um dia seria estilista. Desisti da ideia somente com 15 anos quando fui fazer uma aula de desenho e descobri que só sabia fazer boneco de palitinho. No entanto, continuo gostando desta possibilidade de reinventar algo, inclusive, o próprio estilo. Sendo assim, prefiro não ter uma obrigação de seguir um padrão”, contou. Na plataforma on-line, ela dá dicas para se destacar e se sentir confortável. Apesar desta paixão, ela seleciona muito bem qual a tendência irá seguir, porque prefere se vestir com o que fica melhor no seu corpo.

Pesquisas relacionadas