Gente & Comportamento

Klebber Toledo será um “Romeu às avessas” em “Êta mundo bom” e, solteiro, garante: “Se existe algo que muda qualquer ser humano é o amor”

Prestes a entrar no ar na próxima novela das 18h, o ator já tem muitos planos para 2016. “Vou ser assistente de direção da montagem 'Isaurinha Garcia' da minha produtora”, adiantou

Publicado em 09/01/2016 | Por Karina Kuperman

“Solteiro, graças a Deus”. Essa frase poderia ter perfeitamente saído da boca de uma fã de Klebber Toledo, mas quem disse foi o próprio. Com rosto e jeito de príncipe de contos de fadas, é até difícil de acreditar, mas ele tem a explicação perfeita: “É porque eu sou muito dedicado, faço essa brincadeira, porque quando me apaixono, mergulho completamente nesse sentimento e estou em um momento de me dedicar a outras coisas. Acho bom para eu mesmo não me cobrar, já que já me cobro tanto. Sou geminiano com virgem, perfeccionista e quero fazer várias coisas ao mesmo tempo”, contou. Entendemos, mas nem uma paquerinha? “O dia que eu tiver um amor eu te conto”, brincou.

klebber4

Camila Queiroz e Klebber Toledo serão um casal em “Êta mundo bom” (Foto: Reprodução/Gshow)

Seu novo personagem em “Êta mundo bom” tem nome de história romântica, mas é um “Romeu às avessas”. “Ele é safado, mal caráter, adora dar golpes. Faz por prazer, além de necessidade, claro. Ele precisa. É um rapaz que cresceu dependendo da malandragem. É o melhor amigo do Ernesto (Eriberto Leão) e provavelmente aprendeu muito disso com ele. Cada golpe que dá, Romeu se diverte pela forma como engana as pessoas. É quase a criação de um personagem para ele, que chora, ri, é comunicativo, vende bilhetes premiados”, adiantou. Porém, ainda assim, seu Romeu não é de todo mau. “É um personagem que por mais safado também tem uma coisa pura, ele não pensa que o outro vai se dar mal, faz pra se dar bem e ponto. Não pensa em prejudicar, mas em se divertir e conseguir o dinheiro dele”, analisou.

klebber1

O carinho entre os atores ao assistir o clipe com as primeiras cenas da nova novela das 18h (Foto: AgNews)

Só que, no meio do caminho de Romeu, terá uma Mafalda… E a personagem interpretada por Camila Queiroz conquistará o cafajeste. “Eles se apaixonam à primeira vista. Por conta de viver dentro dessa malandragem, quando ele conhece essa personagem carismática, fofa, bonita, ele vê nela pureza, ingenuidade e isso causa uma estranheza. É uma menina linda, incrível, um anjo”, explicou. E na opinião de Klebber, será que o amor tem mesmo esse poder de mudar uma pessoa? “Com certeza! Se existe algo que muda qualquer ser humano é o amor, então acredito que ele amando ela de verdade, sem dúvida é capaz de qualquer coisa. É um encantamento imediato, um deslumbre. Ele pergunta ‘você é assim mesmo?’. A ingenuidade dele é cativante demais”, contou.

Em seu terceiro encontro com o autor Walcyr Carrasco (ele já fez “Caras e bocas” e “Morde e assopra”), Klebber garantiu: o resultado vai dar o que falar. “Fazemos o trabalho com amor, carinho e dedicação. Esse grupo acredita demais no projeto. É fácil demais se encantar por essa novela”, disse ele, que já teve experiência em novelas de época quando interpretou Umberto em “Lado a lado”. “É uma delícia fazer outros tempos. A única coisa que pega mais é prosódia e postura”, contou. Mas “Lado a lado” foi uma senhora escola e ainda venceu um Emmy internacional, assim como “Império”, outra novela que ator fez parte. Pé de coelho, Klebber? “Imagina? Tomara! Mas os prêmios são consequência, o que conta é o processo. O que vivi já vivi, o que aprendi já aprendi. Os troféus vem depois, como constatação do trabalho bem feito”, afirmou.

klebber2

Camila Queiroz, Klebber Toledo e Débora Nascimento posam juntos durante coletiva de imprensa da nova novela (Foto: AgNews)

E 2016 vai ser cheio para Klebber. Além da novela, no segundo semestre ele vai assumir como assistente de direção da peça “Isaurinha Garcia”, de sua própria produtora, a “13th produções”. Mas esse não é o primeiro mergulho na direção. “O diretor é o Fred Mayrink e eu serei assistente. Até hoje já dirigi curtas e peças em faculdade, mas nunca nessa proporção”, disse ele, que ainda não tem data de estreia. “Ainda não pensei, é para o próximo semestre e vai ser no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. Mas agora estou focado na novela”, explicou. E tem algo que possa adiantar? “Sim, tenho certeza que a Rosamaria Murtinho fará parte do elenco, ela já fez a Isaurinha e é uma atriz incrível”, afirmou.

klebber3

Camila Queiroz, o diretor Jorge Fernando e Klebber Toledo posam nos bastidores de “Êta mundo bom” (Foto: Reprodução/Gshow)

Qual a sensação de dirigir uma veterana? “Difícil. Me preocupo com isso também. Mas sei o produto que estou apresentando para os meus atores e sei bem como dar suporte pra eles dentro desse projeto. A primeira coisa é humildade de ambas as partes. Eu vou ajudar uma atriz talentosa e com tanto tempo de estrada a não cair em nenhuma faceta que ela poderia ter, vou ser simplesmente o braço direito dos meus atores e do diretor. Não importa quanto tempo passe de carreira, sempre há troca. Os grandes atores também são generosos e humildes. Sei da minha capacidade de auxiliar ela”, garantiu. Nós não temos dúvidas.

Pesquisas relacionadas