Gente & Comportamento

Isabella Santoni fala sobre primeiro amor e sua nova casa: “sonho realizado”

A atriz comentou sobre as reviravoltas de sua personagem em Orgulho e Paixão e explicou os projetos sociais nos quais está envolvida

Publicado em 31/08/2018 | Por Ana Clara Xavier

Isabella Santoni é uma mulher de opiniões fortes, empoderada e muito trabalhadora e não poderia estar no ar em um produto melhor do que a novela Orgulho e Paixão, trama reconhecida pela força feminina. “Estou muito feliz com esta narrativa e triste porque já está acabando. Passa muito rápido. A equipe é muito unida e tenho vários amigos aqui dentro”, comentou, em papo exclusivo com o site HT, nos bastidores do trabalho. Além das novidades, ela ainda falou sobre os bate-papos sobre sororidade no camarim e a influência das atrizes na imposição do padrão de beleza.

Isabella Santoni faz a Charlotte em Orgulho e Paixão (Foto: Divulgação)

A personagem de Isabella vem em uma crescente evolução pessoal causada, principalmente, pela relação conflituosa com o papel de Bruno Gissoni. Ao mesmo tempo em que ela entendeu que o rapaz não é flor que se cheire, insiste em se vingar e estar perto dele. “Como mulher, pensou que o amor pudesse transformar, mas a índole dele era realmente complicada”, explicou. De acordo com a atriz, o amor pode mudar tudo, mas infelizmente este não foi o caso. “Tenho amigos que acabaram mudando depois de se relacionarem com gente bacana”, completou.

A profissional confessou que já passou por problemas parecidos ao se envolver certa vez com um relacionamento abusivo. “Depois de um tempo, percebi como era um canalha”, relembrou. Por isso, Isabella espera que, antes do fim da novela, a sua personagem consiga encontrar a felicidade em si mesma e seja independente amorosamente também. Se dependesse dela, a Charlotte terminaria sozinha.

Mesmo se tratando de um casal muito conturbado, Isabella Santoni se solidariza com sua personagem. “É o primeiro amor dela. Não dá para esquecer facilmente”, defendeu. A atriz entende a importância deste relacionamento já que o seu primeiro namorado continua sendo uma pessoa marcante em sua vida. “Ele se chama Felipe, nós tínhamos 17 anos e é o padrinho da minha irmã. As nossas famílias eram muito próximas e continuamos amigos. Ele é um grande parceiro. Viajamos no ano passado junto com uma galera e nós continuamos torcendo pelo outro. Isso é muito legal. Temos que cultivar o melhor dos relacionamentos que vivemos, afinal, em algum momento da vida juramos um amor”, explicou.

Thiago Lacerda ao lado de Isabella e Vera Holtz nos bastidores da trama (Foto: Divulgação)

A trama das 18h se passa no início do século XX, quando as mulheres não tinham muito poder de escolha e eram submetidas aos desejos do marido. Ao mesmo tempo, Orgulho e Paixão exibe o momento em que elas começaram a entender o seu poder e a fazer parte do mercado de trabalho. Mesmo assim, Isabella Santoni não trocaria a nossa realidade de 2018 por nada.  “Ainda temos muita coisa para mudar, mas eu não gostaria de ter nascido naquela época. Trabalho desde os meus 16 anos e não consigo enxergar uma vida na qual eu não possa exercer minhas escolhas. Para mim, é muito difícil imaginar ficar parada. Até quando estou de férias tento viajar para lugares onde vou conseguir aprender algo, afinal, a minha profissão vai muito de encontro com a observação do humano”, comentou. Ao mesmo tempo, a atriz confessou que consegue enxergar semelhanças entre a luta de 1910 e o atual movimento feminista. “Nós seguimos batalhando pelos nossos direitos e sendo reprimidas”, lamentou.

Com tantas mulheres poderosas no elenco, Isabella diz que a turma aproveita para estimular a sonoridade nos bastidores.  “Nos intervalos, sempre estamos conversando. Como somos um elenco muito feminino acabamos debatendo sempre sobre temas como sororidade e feminismo, até porque ao mesmo tempo em que nós ditamos o padrão de beleza, por estarmos em posição de destaque, nós também sofremos”, lamentou. Por receio de influenciar suas seguidoras a idealizar o seu corpo, a atriz garantiu que sempre tenta mostrar que não é uma pessoa ligada à dieta e faz exercícios por gostar.

Isabella Santoni na coletiva da trama (Foto: Divulgação)

Quem vê o Instagram da atriz entende exatamente esta preocupação. Isabella sempre compartilha fotos e vídeos de sua rotina na qual os exercícios estão sempre em dia. Ela comentou ser muito ligada ao esporte e já praticou surfe, ginástica olímpica, vôlei e boxe. “Não gosto de rotina, então acabo fazendo qual atividade estou a fim no dia. De qualquer forma, tenho surfado muito, porque o surfe me conecta com o momento presente”, explicou.

Além de mostrar a sua qualidade de vida, ela faz questão de usar as suas redes sociais para o bem, se preocupando sempre em postar assuntos relevantes que possam influenciar positivamente os internautas. “Participo sempre de causas sociais. Já fui em corrida contra o câncer, a favor da reutilização de materiais  e muitas outras. O que adianta ter muitos seguidores se não ajudamos esta pessoa a pensar diferente?  Postar tendência e ter muitas curtidas é legal, mas poder reverter uma ideia é sensacional. Isto gera informação”, salientou.

A prova de que ela é antenada mesmo com as causas sociais pode ser vista na planta de sua própria casa. Isabella está prestes a se mudar para um novo lar comprado pela própria. De acordo com ela, a ideia é montar de uma forma mais consciente. “Não tem tecido de couro e coloquei placas solares. Só não consegui fazer mais por falta de espaço, ou captava água da chuva ou luz solar”, lamentou. A celebridade vai continuar morando com a mãe e a irmã, sendo que a sua ideia é realizar o sonho da mais velha. “Na verdade, estou construindo esta casa para a minha mãe e estou colocando coisas que ela queria como uma hortinha. Estou feliz de poder fazer isto por ela”, confessou.  Sucesso, né?

Pesquisas relacionadas