Gente & Comportamento

Há dez meses no “Vídeo Show”, Joaquim Lopes revela que se descobriu como repórter. “Agora eu me sinto capaz de apresentar quando for chamado”

Prestes a estrear a peça "Anti-Nelson Rodrigues, no Rio, o ator conta que segue desiludido com a nossa política brasileira. "Eu sou contra a polarização. Nós temos que ter uma conversa aberta. Essa conversa que faz uma democracia válida".

Publicado em 12/04/2016 | Por Leonardo Rocha

Ele é ator, publicitário, formado em gastronomia e, acredite, ele está solteiro. Sabe de quem estamos falando? Joaquim Lopes. Há dez meses como repórter e na bancada do “Vídeo Show”, o bonitão garante que nunca se imaginou apresentando um programa. “Eu nasci para isso”, brincou ele. “Eu achei curioso o convite, porque, na verdade, sou ator. Estou muito feliz com a resposta do público. A audiência do programa está maravilhosa. Essa é uma grande oportunidade para eu abrir o meu leque como comunicador”, observou ele.

Joaquim Lopes (Foto: Divulgação)

Joaquim Lopes (Foto: Divulgação)

Joaquim, que é ator há 15 anos, começou na atração das tardes da Rede Globo fazendo matérias de rua. Nesse meio tempo, o galã já fez diversas entradas ao vivo com direito a brincadeiras e gafes que arrancaram gargalhadas do público e o deixaram cada vez mais à vontade frente às câmeras. “Foi uma porta que se abriu dentro das minhas possibilidades artísticas”, disse ele, que ainda admitiu ver com outros olhos o trabalho dos repórteres que cobrem o mundo das celebridades. “O respeito que eu já tinha, só aumentou. Não é mole preparar uma matéria, abordar o entrevistado de forma objetiva sem ser indelicado. Não é uma vida fácil”, ponderou.

Desde o ano passado, a direção do “Vídeo Show” vem tentando mudar a cara do programa trazendo novas personalidades para a atração. Segundo Joca, como é chamado pelos colegas de trabalho, a entrada da apresentadora Maíra Charken deu um novo gás para a equipe. “É muito bom você trabalhar em um grupo que todo mundo se dá bem e está olhando para o mesmo lugar. A Maíra entrou e deu uma nova cara ao programa. Foi sensacional! o Rafael Cortez está chegando agora também… A gente está com um time forte para dar sequência a essa nova fase do ‘Vídeo Show'”, disse o ator, que jurou não ter cobiçado a vaga deixada por Mônica Iozzi. “De forma nenhuma. Na verdade, o que existe é um rodízio. Têm pessoas que fazem mais rua e outras ficam mais no estúdio. Para mim o importante é estar sempre pronto e eu, agora, me sinto capaz de apresentar toda a vez que for chamado”, explicou.

Monica Iozzi, Joaquim Lopes, Giovanna Ewbank e Otaviano Costa no "Vídeo Show" (Foto: Divulgação)

Monica Iozzi, Joaquim Lopes, Giovanna Ewbank e Otaviano Costa no “Vídeo Show” (Foto: Divulgação)

Paralelamente, o ator também pretende reestrear uma peça baseada em Nelson Rodrigues. “Eu sempre vou estar no teatro. Eu vou voltar com peça que se chamaAnti-Nelson Rodrigues’, que começa agora, dia 10 de junho, em Santa Teresa. Apesar de estar feliz como apresentador, o teatro me faz  muita falta”, contou. “Meu personagem vai ser um canalha. As pessoas criticam o trabalho do Nelson, porque elas se reconhecem nele”, disse ele, que ainda comentou a crise política brasileira. “Está tudo errado! Eu sou contra a polarização. Nós temos que ter uma conversa aberta. Essa conversa que faz uma democracia válida”.

Solteiro desde fevereiro de 2015, quando terminou o casamento de cinco anos com a atriz Paolla Oliveira, Joaquim não assumiu nenhum relacionamento. “Estou trabalhando tanto que estou sem tempo até para namorar”, finalizou.

Pesquisas relacionadas