Gente & Comportamento

Andréa Beltão dispara contra Michel Temer: “Esse governo que está ai não representa a gente. Eu não quero o impeachment”

Atriz, que segue escalada para a próxima novela das 23h, "O Que Nos Une", deseja a volta de Dilma Rousseff ao poder: "Espero que rapidamente as coisas se restabeleçam e que a presidente que foi eleita volte ao cargo, porque esse governo não foi eleito"

Publicado em 30/05/2016 | Por Junior de Paula

Afastada da telinha desde sua divertida passagem pela série “Tapas & Beijos”, na Rede Globo, a atriz Andréa Beltão garante que faz parte da turma de artistas que pede a volta da presidente afastada Dilma Rousseff ao poder. Escalada para a próxima novela das 23h da emissora global, “O Que nos Une” – nome provisório -, de Lícia Manzo e direção de José Luiz Villamarim, a atriz conta com exclusividade ao HT que os protestos são importantes para evitar retrocessos para a educação e a cultura do país. “Eu peço ‘fora, (Michel) Temer’, ‘fica, MinC’. E nós, mulheres, não somos do lar. Somos da vida”, enfatizou ela, fazendo referência à matéria sobre Marcela Temer: bela, recatada e ‘do lar’, da revista “Veja”.

img_0683

“Eu vejo um movimento muito bom, por conta da voz que os artistas tiveram. A força de mobilização. Mas não é o suficiente. A gente tem que voltar ao estado de direito democrático. Esse governo que está ai não representa a gente. Ainda mais agora depois de todas essas ligações que estão pipocando”, ponderou ela, fazendo referência às gravações do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. Andréa, apesar de contrariada, afirma que ainda podemos tirar algo positivo da situação. “Eu acho até bom essas coisas todas estarem acontecendo para gente ver bem as pessoas que a gente elege. Espero que rapidamente tudo se restabeleça e que a presidente que foi eleita volte ao cargo, porque esse governo não foi eleito. Eu não quero o impeachment. Eu quero que o governo que foi eleito termine o seu mandato normalmente. Não importa que partido seja”, disparou.

mundonovelas_Andréa Beltrão está reservada para a novela das onze de Lícia Manzo

Discussões políticas à parte, Andréa revelou que segue cheia de projetos também para o teatro. Mas muito se engana quem pensa que ela está focada somente na comédia. “Eu estou estudando algumas peças e alguns filmes, além da novela da Lícia, mas não sei muito sobre a história. E acredite, a peça que o Amir Haddad vai dirigir pra mim é uma tragédia. É ótimo, vai ser divertido fazer um drama depois de tantos trabalhos voltados para o humor”, avaliou ela, que ainda aproveitou para falar sobre o movimento feminista. “O feminismo me estimula. Acho maravilhoso as mulheres estarem cada vez mais fortes, se posicionando, ganhando os mesmos salários e tendo os mesmo direitos e espaço. Somos todos iguais, com suas diferenças e preferências, mas ainda assim iguais, independente das cores, formatos, tamanhos e desejos”, reforçou. E a gente assina embaixo.

Pesquisas relacionadas