Gente & Comportamento

Coluna da Véia: os pratos de Rita Wainer, os nudes de Kanye West, a pinta da Avon, a boca suja de Adele e o amor pelo No Porn

DJ Zé Pedro, em texto delicioso, mexe seu caldeirão de referências e transforma tudo em informação pronta para ser devorada. Vem que tem para todo mundo!

Publicado em 01/07/2016 | Por Junior de Paula

*Por Zé Pedro

Escrever uma coluna. Toda dor e a delícia. Tem semanas que nada acontece, os dias vão passando e o papel em branco. E noutras (essa, por exemplo) que o espaço parece pequeno. Mas chega de existencialismo e vamos aos rabiscos da Véia!

Rita Wainer, que até música já ganhou (“Adotar Cachorros” de Lucas Vasconcellos) e possui hereditariedades importantes como sua mãe Pink e sua tia Nara Leão, tem atração pelos pincéis e cria pratos deslumbrantes que uma amiga minha rycaaaa de Nova York, por exemplo, tem uma parede inteira em seu apartamento no Soho, porque na dúvida sempre queremos todos. Pois agora Rita inovou e arrasou: tem seu próprio aplicativo de venda na App Store. Tadinho do meu cartão de credito.

13570271_10153766900755679_1816123650_oUm dia, lá na idade da pedra, o estilista André Lima me liga e dá uma intimada: quero uma trilha sonora para o meu desfile só com as críticas que saíram…DETONANDO a minha roupa. Do outro lado da cidade num inferninho chamado Xingu, aconteciam as noites de Liana Padilha e Luca Lauri. Ela, um mito meu lá dos anos 80 quando eu ainda era… caixa de banco! Ele, um gato novo no pedaço querendo mostrar seu som nas pistas. Juntos faziam um Live PA chamado NoPorn que começava a dar o que falar em SP misturando poesia e música para dançar. Liguei e fui incisivo: vamos produzir juntos o que viria a se chamar “Baile de Peruas” que, 11 anos depois se tornaria hino do programa “Amor e Sexo” apresentado por Fernanda Lima. Pois bem, eles estão de volta lançando pelo meu selo Joia Moderna o segundo e inédito álbum da dupla. O primeiro single “Tanto” chegou as plataformas digitais essa semana com direito a clipe já disponível no YouTube. Assista, ouça, delire.

Falando em clipe, e o novo do Kanye West? Esse sabe causar. O tal clipe “Famous” pegou todo mundo de surpresa ao mostrar bonecos de cera desnudos com cara de Rihanna, Donald Trump e Taylor Swift. Pensando em abalar por aqui, acho que vou fazer “Os Peladinhos da Véia” com Cauã, Bruno Gagliasso, Lucas Lucco e… você segue a lista daí!

19680505

E o mestre da fotografia e da moda Bill Cunninghan deixou o mundo das artes mais triste essa semana. Esse cara incrível que percorria de bicicleta as ruas de Nova York registrando looks absurdos de pessoas comuns, faleceu aos 87 anos. Se você não sabe de quem estou falando procure o documentário “Bill Cunningham New York”, filme perfeito para você se emocionar, aplaudir e reverenciar.

CARALHO! QUE FODA! Calma. Não se preocupe. Eu não vou perder meu emprego de colunista por falar palavrões aqui porque se Adele grita esses e mais 31(!!!!) impropérios no palco do Glastonbury com seu show transmitido ao vivo pela televisão para todas as famílias do Reino Unido, não sou eu que vou fazer a Véia fina. PUTA QUE PARIU! Eu amo vocês, meus leitores.

13563360_10153766900940679_250593755_n

Como diria Alcione, “Avon, faça uma loucura por mim”. Essa empresa de cosméticos do tempo em que minha mãe vendia o perfume “Toque de Amor” de porta em porta, depois de ser chamada de machista e manipuladora pela sua campanha de 2014, resolveu dar uma renovada “transgay” em sua imagem, com comerciais cheios de afetações maravilhosas. É Candy Mel, Liniker e até… Elke Maravilha, a bicha mais fabulosa do Brasil kkkkkkk.

Você conhece Olly Alexsander? Cantor, ator e participante da banda sensação de Londres Years & Years, Olly é a provocação em pessoa, cheio de grilos na cuca vindos da adolescência, ele adora polêmicas e levanta com firmeza a bandeira gay. Essa semana foi lançado o novo clipe de sua banda, cheio de coreôs esquisitas que quase derrubam o alto astral da baladinha pop que é uma delícia. Se eu gostei? Não sei, tô em dúvida kkkkk. Aperta o play e depois me diz

“Em que bar será
Que você fica rindo
Daquele amor
Que eu achava lindo?”
(Cazuza)

Zé Pedro é um artista dedicado à Música Popular Brasileira. Apesar de ser conhecido com um DJ que toca vários estilos musicais, é considerado uma enciclopédia da MPB. Nessa área, ele atua em qualquer esfera de produção de remixes, a publicação de um livro e a inauguração do selo Jóia Moderna, em 2011, que já conta com mais de 20 discos lançados até agora, resgatando o trabalho de cantoras de outras gerações, criando tributos a grandes compositores e lançando novos talentos do pop brasileiro. Mais recentemente criou o Canal da Véia (como ele se refere a todo mundo e a si mesmo) no YouTube, que já é um sucesso.

Pesquisas relacionadas