Gente & Comportamento

A atriz Julia Mendes pretende transformar seus vídeos engraçados publicados nas redes sociais em peça e livro de auto-ajuda

Ela é dona da página no Instagram Juju Me Conta Tudo onde expõe pensamentos e acontecimentos do universo feminino através do humor. Com quase cento e cinquenta mil seguidores, Julia recebe diariamente cerca de cem mensagens de pessoas que estão passando por algum momento complicado agradecendo pelo conteúdo

Publicado em 10/11/2017 | Por Ana Clara Xavier

A atriz trabalhou nos primeiros 15 capítulos da novela Pega Pega (Foto: Ana Rovati)

Quem precisa de chocolate quando se tem os vídeos de Julia Mendes? O que começou como uma brincadeira despretensiosa da atriz acabou se tornando parte do seu portfólio artístico e a inspiração para uma peça que ainda vai sair do forno. Atualmente seu perfil no instagram Juju Me Conta Tudo possui quase cento e cinquenta mil sequidores, com postagens que passam de quarenta mil curtidas. As publicações contam com cenas bem humoradas nas quais uma personagem de cabelo solto, considerada mais normal, conversa com a amiga que usa um coque e possui uma voz alterada mais fina, ou seja, a mais doidinha. “Muita gente me pergunta qual delas eu sou, a mais normal ou a doidinha. Na verdade, não sou nenhuma das duas. É claro que existe uma parte de minha naquelas falas, mas tiro muita ideia das conversas com amigas e coisas que leio. Acho que por isso consigo dizer, através deste jogo duplo, tudo o que as pessoas gostariam de falar, mas não tem coragem. Isto faz com que o público goste mais do conteúdo. É impressionante como os seres humanos se identificam uns com os outros e isso pode ser visto pelos comentários. É bom saber que não estamos sozinhos”, explicou a atriz que atuou nos primeiros quinze capítulos da novela das 7, Pega Pega, onde fez uma repórter que delatava o roubo no hotel.

O primeiro vídeo feito pela atriz foi gravado em uma segunda-feira. Ela estava tentando se manter na dieta, mas sentiu muita vontade de comer algum doce. Por esse motivo resolveu fazer um vídeo falando sobre esta tentativa de resistência que todo mundo passa. A ideia era compartilhar com os amigos para incentivá-los a não desistir e, juntos, poderem rir desta curiosidade. “Quando postei este vídeo, ele entrou para um instagram humorístico e tudo o que entra nestas plataformas viraliza. Fiquei muito feliz que as pessoas tinham gostado de um trabalho genuíno que tinha feito. Achei bacana isto e continuei fazendo”, contou. Desde então, seu instagram pessoal acabou virando parte do seu lado profissional. Julia Mendes preferiu não criar outro perfil porque todos os seus amigos já estavam na página. “Possuo uma visão um pouco mais profissional da página e uso para o meu portfólio de atriz”, confirmou.

A atriz começou a página há menos de um ano e já recebe mais de cem mensagens diárias agradecendo pela forma bem humorada que ela leva a vida. Em seus Insta Stories e nos vídeos que lança, Julia sempre é vista dançando, rindo ou fazendo alguma brincadeira. Ela contou que sempre tentou levar a vida deste jeito, mas teve medo que as pessoas a interpretassem de forma errada, como alguém forçada ou falsa. “Como é algo que faço pela internet é um conteúdo sujeito a diversas interpretações diferentes. Até porque quem me conhece sabe que sou daquele jeito. É óbvio que não sou feliz o tempo inteiro, não é uma condição minha durante vinte e quatro horas. Na verdade, isto é apenas uma forma que tento levar a vida e a galera que me segue conseguiu sacar isso. Eles entenderam que esta minha qualidade é espontânea”, explicou.

A atriz pretende transformar os vídeos em uma peça (Foto: Ana Rovati)

Os seguidores da atriz enviam mensagem agradecendo a alegria, alto astral e bom humor das publicações. “As pessoas me contam que, quando estão vendo os meus vídeos, se dão conta que abrem um sorriso automático no rosto. Causo isso nelas sem querer”, comemorou. Esta reação foi totalmente inusitada para a atriz que garantiu mostrar apenas quem ela é na mídia social. Por causa do acumulo de agradecimentos, ela ganhou o apelido de calmante humano. “Recebo mensagens de pessoas me contando que terminaram um relacionamento ou que sofrem de depressão e, mesmo tristes, ficaram felizes ao assistir meus vídeos. Ao ler isso, a minha mãe disse que eu havia me tornado um ‘rivotril humano’. Desde então adotei este apelido, porque sou um remédio que não tem nenhuma contra-indicação. Isso é uma loucura, porque quando comecei a fazer os vídeos curtos para o instagram não tinha ideia do lugar que eu estava interagindo e que sentimento estava aflorando nos internautas. Não sabia o que ia acontecer”, relembrou.

Através dos vídeos, Julia encontrou uma maneira de conscientizar o público com relação à depressão. A atriz fica atenta as mensagens de pessoas que afirmam estar com a doença, mesmo sem nunca ter ido ao médico, e outras que confundem o que é ter este problema. “Não gosto muito de usar a palavra depressão porque atualmente se tornou algo comum. As pessoas me escrevem dizendo que terminaram o namoro e, por isso, estão deprimidas. O problema é que elas não sabem o que é esta doença. É muito diferente de estar triste. Quando se é diagnosticado com isto não se consegue levantar da cama, não se vê motivo para nada na vida. É muito grave”, lamentou. Com os vídeos humorísticos, ela consegue mostrar a pessoa o que está sentindo de verdade, desmistificando o fim de relacionamentos, por exemplo. “Acho que o humor é muito importante para passar um recado, é a ferramenta mais eficaz”, comentou. Através das personagens, é possível que o público se identifique e veja que o momento pelo qual está passando não é tão grave.

O conteúdo do livro ainda é muito incerto, mas a atriz pretende concetrar no canal neste momento (Foto: Ana Rovati)

Apesar de ter um público majoritariamente feminino, Julia afirma que possui também muitos seguidores masculinos. “Os meus vídeos trazem muito o universo feminino e recebo mensagens de rapazes dizendo que graças a mim estão conseguindo entender a loucura que é a cabeça das mulheres”, contou. Devido a facilidade da atriz em conseguir capturar a essência do ser humano, muitas pessoas achavam que a mesma era uma psicóloga. No entanto, Julia é formada em Artes Cênicas. “Ser ator é ter uma sensibilidade aflorada, é estar em observação o tempo inteiro, é gostar de conversar com as pessoas. Esta qualidade traz novos temas para os vídeos”, sugeriu.

Devido ao sucesso de aceitação do público, Julia Mendes pretende fazer um livro de autoajuda voltado para o lado humorístico com o apoio dos temas retratados no mundo virtual. Ela acredita que seu olhar de atriz irá contribuir, inclusive, para que ela consiga abranger ainda mais sentimentos humanos. “Ainda não sei qual seria a conotação ou o rumo que daria para o exemplar. Eu me cobro muito e lançar um livro é algo muito grandioso, preciso diminuir esta carga para me permitir colocar em textos o que falo online”, explicou. A artista ainda não começou a escrever o livro sobre o Juju Me Conta Tudo.

No entanto, já estão nos planos de Julia fazer uma peça sobre o canal no início do ano que vem. Ainda sem data de estreia, a atriz ainda precisa escrever o roteiro e escolher uma equipe. “Vou reunir os meus vídeos para fazer uma peça. Essas cenas geram um espetáculo de costume. A parte boa é que a peça só depende de mim, facilidade do ator é muito bacana. Preciso apenas focar nisso”, comemorou. Ela pretende que a estreia aconteça no primeiro semestre de 2018.

As ideias não param por ai. O conteúdo do canal aflorou uma vontade que a atriz sempre teve que é trabalhar com entrevista. “Sempre que conheço alguém ou estou conversando com as minhas amigas, as pessoas comentam que parecem estar no meio de uma entrevista, porque faço muitas perguntas. Por isso, inclusive, o nome JuJu Me Conta Tudo. Dessa forma, tenho vontade de fazer um programa de entrevistas com perguntas malucas e espontâneas”, contou.

 

Pesquisas relacionadas