Arte & Literatura

O eternizador de supermodels: Peter Lindbergh revisita sua última década de trabalho em livro com a beleza natural de divas do showbiz

E não foi só ele que fez um compilado: Mario Testino reuniu mais de 300 fotografias para explicar a gregos e troianos o que é o poder de sedução dos homens

Publicado em 27/07/2015 | Por Lucas Rezende

É difícil imaginar o que seria da moda sem a fotografia. São os editoriais que replicam o que será tendência, os shootings que levam a tudo e todos as impressões de cada estilista do globo e os ensaios que revelam new faces ou elevam modelos ao posto de ubermodel. Logo, entre Giseles, Ambrosios, Tatjanas, Christys e outros nomes, há quem dispare cliques e as eternize. Um homem que se destaca entre os parceiros de grande angular é Peter Lindbergh, responsável por alçar gente como Naomi Campbell, Cindy Crawford e Linda Evangelista ao olimpo fashion. E uma prova de sua importância na cena é seu novo livro, o “Images of Women II: 2005-2014” (à venda no Amazon por 70 dólares), uma continuação do primeiro, de mesmo nome, lançado em 1977.

Tilda Swinton por Peter Lindbergh

Tilda Swinton por Peter Lindbergh

Nele, Peter mostra que tem muito mais a dizer do que o que feito nos anos 90. Agora, ele revisita sua produção feita na década passada e vai muito além de rostos da moda. O fotógrafo tirou do baú seus trabalhos com nomes de outras rodas do showbiz, como as atrizes norte-americanas Jessica Chastain e Michelle Williams. Das 80 mulheres selecionadas, foi feito um compilado de 125 fotos, sendo específica, a da vencedora de um Globo de Ouro Uma Thurman, escolhida para a capa da publicação.

Sabisha e Jessica Stam por Peter Lindbergh

Sabisha e Jessica Stam por Peter Lindbergh

O motivo? Ele explicou à última edição da Vogue brasileira. “É lindo mostrar a transformação de uma mulher: de jovem a mãe”. Aliás, foi fotografando capas da revista autoridade em moda e beleza do mundo que ele se fez. “Sempre privilegiei mulheres independentes e de personalidade forte, que representassem uma visão mais aberta”, disse ele, ponderando: “nunca acreditei nos códigos fixos de beleza da indústria da moda nem da sociedade”. Em “Images of Women II: 2005-2014” ele quis aplicar realmente isso: “considero uma sequência do primeiro. Ambos mostram muito bem quem eu sou na fotografia e fora dela”.

Cara Delevingne por Peter Lindbergh

Cara Delevingne por Peter Lindbergh

E além de Peter Lindbergh, outro fotógrafo resolveu fazer um compilado de seu trabalho, com um fio condutor parecido, mas com um recorte diferente: saem as belas mulheres, e entrem os homens mais cobiçados do planeta. Em “Sir”, Mario Testino reuniu mais de 300 fotografias para explicar a gregos e troianos o que é o poder de sedução dos homens.  “É um tema que está em foco: a imagem masculina, o estilo pessoal de um homem, as mudanças de atitude em relação ao seu rosto e corpo”, justificou o peruano sobre a obra.

Para mostrar essa mudança, a linha do tempo percorre 30 anos e pega pela mão gente que não é fraca no assunto beleza: Brad Pitt, George Clooney, Jude Law, Colin Firth, David Beckham, David Bowie, Mick Jagger e Keith Richards, por exemplo. Com seu olhar ímpar, Testino quer mostrar que “a forma como os homens são vistos na fotografia, na moda, e a maneira como eles se enxergam mudaram nos últimos anos”. A publicação, lançada em edição limitada de mil exemplares pela Taschen, está à venda e custa US$ 700.

Pesquisas relacionadas