Arte & Literatura

Com o objetivo de compartilhar amor, luz e gratidão, Felipe Guga faz do Instagram a vitrine de sua arte. “As pessoas tinham sede disso”

O poeta, designer e DJ diz não "encrencar" com quem compartilha o trabalho sem os direitos autorais. "O importante é a mensagem ser espalhada"

Publicado em 15/05/2016 | Por Julia Pimentel


Espalhar luz e positividade. Essa é a missão do poeta e designer Felipe Guga. O jovem, que teve depressão, achou em frases de amor e gratidão para a cura para a doença. “A situação ruim sempre vai acontecer na vida de qualquer pessoa. O importante é ver o que você faz com isso. Tem gente que fica estagnado, parado tomando remédios. Só de entender o porquê, você já se liberta”, explicou ele. Em bate-papo com o HT, Guga contou que começou a postar as ilustrações no Instagram “porque as pessoas tinham muita sede de frases para refletir, que falassem de gratidão”. E aí foi só juntar o útil ao agradável: Felipe Guga já tinha um caderno com frases que escrevia para se sentir melhor e queria propagar essa energia entre as pessoas. A combinação deu tão certo, que em três meses, uma editora procurou o poeta para lançar um livro. A coletânea dos versos de Guga começou a ser vendida em dezembro de 2015 e, segundo ele, foi um sucesso entre os presentes de Natal. E, como nos contou, ele já tem planos para repeteco na mesma data esse ano – Felipe Guga já está produzindo o novo livro para lançar até o fim de 2016.

Felipe Guga é designer e poeta e compartilha mensagens de amor, luz e gratidão na internet (Foto: Instagram)

Felipe Guga é designer e poeta e compartilha mensagens de amor, luz e gratidão na internet (Foto: Instagram)

A rede social, de fato, foi a impulsionadora da carreira de Felipe Guga. “Se não fosse o Instagram, nada disso estaria acontecendo. Todo mundo fica ligado no celular o tempo inteiro. Foi aí que percebi que o melhor meio de divulgar o meu trabalho de amor, gratidão e luz seria por essas plataformas. Eu optei pelo Insta porque, já que as pessoas ficam o dia todo vendo as publicações, que pelo menos vissem uma postagem boa, uma mensagem que vá acrescentar”, contou o poeta. Mas como nem tudo são flores… A internet é uma importantíssima popularizadora de conteúdos. Porém, nem sempre o que é postado na rede é compartilhado com os devidos créditos e direitos autorais. Hoje em dia, o repost é liberado e o trabalho de poetas e designers como Felipe Guga circula pelos perfis sem qualquer identificação ao autor. Se isso é um problema para ele? “No começo, eu achava tranquilo porque, para mim, o importante era a mensagem ser espalhada. Até hoje eu acho isso. Não interessa se fui eu quem fez. O que vale é se a minha arte melhorou em alguma coisa o dia de outras pessoas que não me conheciam. Mas eu acho que, depois de mais de 240 mil seguidores, a pessoa não tem mais desculpa de saber quem foi que fez. Eu acho importante os créditos para quem não conhece o meu trabalho achar o meu perfil e ver mais outras mil ilustrações. Mas eu não encrenco não, vai de cada um”, disse @ofelipeguga.

@ofelipeguga diz não se importar tanto com o compartilhamento sem os direitos autorais. "Não encrenco não" (Foto: Instagram)

@ofelipeguga não se importa tanto com o compartilhamento sem os direitos autorais na rede. “Não encrenco não” (Foto: Instagram)

A missão de “espalhar mensagens de luz e gratidão” está atrelada à temática a forças superiores. Guga, que se considera “sem religião”, diz que acredita em Deus como uma figura responsável por tudo o que nos cerca. “Deus é uma super energia positiva criadora do universo. Todo mundo está conectado a Ele numa consciência maior”, afirmou o poeta. Em função do que “já leu e vivenciou”, Felipe Guga disse que “Jesus é quem ele mais se espelha”. E completou em entrevista ao HT: “O que muda se existiu ou não? O importante é que tem uma sabedoria dele que eu aplico na vida prática e que realmente funciona”.

Apesar de não seguir nenhuma religião, Guga disse que "Jesus é quem ele mais se espelha" (Foto: Instagram)

Apesar de não seguir nenhuma religião, Guga disse que “Jesus é quem ele mais se espelha” (Foto: Instagram)

Quem conhece a arte do poeta da positividade, já deve ter percebido algumas características gráficas constantes. Mas se engana quem pensa que as palavras riscadas, por exemplo, sempre tiveram essa função. Segundo ele, que faz as ilustrações com canetas e tintas, o risco era porque não dava para apagar. “Às vezes eu queria mudar o sentido do que estava escrito antes, e como não usava borracha, eu riscava. Mas depois, além do estilo gráfico, virou um conceito de que ninguém é perfeito e que errar é humano. E isso, para mim, dá mais valor à ilustração e a arte se torna mais tangível. A gente erra e segue em frente”, explicou. Entendeu a mensagem, leitor? Até a riscadinha tem um ensinamento por trás.

O conceito de riscar palavras está além de identidade gráfica, segundo o autor (Foto: Instagram)

O conceito em riscar palavras está além de identidade gráfica, segundo o autor (Foto: Instagram)

O poeta e designer também é DJ. Como disse ao HT, ele segue o mesmo caminho da arte gráfica na música. “Está tudo muito misturado”, explicou. As músicas que Guga toca são as mesmas que ele ouve e gosta. O DJ, que nunca levou uma setlist pronta para um evento, contou que monta a sequência de forma espontânea pela reação das pessoas. “Eu sou muito verdadeiro tocando. Eu não me adapto muito à realidade comercial ou à festa. Eu faço o que eu gosto e acho que isso é o mais importante”, disse ele.

guga5

Felipe Guga também é DJ e contou que nunca levou uma setlist pronta para uma festa (Foto: Instagram)

Já entendemos que a vibe de Felipe Guga é só alegria e alto-astral. Mas e quando estamos vivendo um cenário atordoado, tenso e que mensagens não tão bonitas são compartilhadas a todo tempo? Para ele, “é nessa hora que a luz brilha”. “Justamente por estarmos vivendo um momento tão escuro, que eu vi a necessidade de iluminar. Eu acho que precisávamos de um equilíbrio. Graças a Deus, por a gente estar vivendo esses tempos bem catastróficos, cada vez mais as pessoas vão espalhar luz e falar de amor sem vergonha e sem constrangimento”, disse Guga que prefere não se posicionar politicamente.

"A luz brilha na escuridão", disse Guga sobre o atual momento brasileiro (Foto: Instagram)

“A luz brilha na escuridão”, disse Guga sobre o atual momento brasileiro (Foto: Instagram)

Pesquisas relacionadas