Arte & Literatura

Agenda cultural: “Que horas ela volta?” chega aos cinemas, “Chaplin, o Musical” se despede do Rio e Joyce Cândido lança EP

Em outros destaques, o TT Burguer comemora dois anos com 100 hambúrgueres grátis, Paulinho Moska lança show inédito no Miranda e a exposição "Movimentos" leva política com estética pop à Caixa Cultural

Publicado em 27/08/2015 | Por João Ker

O fim de semana chega com agenda cultural para todos os gostos: enquanto Joyce Cândido lança EP em Ipanema, Regina Casé está nos cinemas com “Que horas ela volta?”, favorito à indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Ainda tem Criolo liderando o Festival de Rap do Rio e “Chaplin, O Musical” tem seu último fim de semana em cartaz na capital fluminense. Os outros destaques você confere abaixo:

novaimg

 

Cinema:

“Que horas ela volta?”: Regina Casé faz sua volta à profissão de atriz de forma triunfal, em um drama sensível que, ao mesmo tempo, mostra um retrato social e político do Brasil, dirigido por Anna Muylaert e que, de quebra, ainda é um dos favoritos a ser indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Aqui, você lê uma entrevista completa com o elenco.

“Ted 2”: o ursinho mais infame do audiovisual volta com o mesmo jeito politicamente incorreto e irreverente de sempre, talvez com menos piadas boas do que a versão original – o que não é surpresa nenhuma para continuações. Além de Mark Wahlbergh, o filme ainda traz participações especiais de Tom Brady e Amanda Seyfried.

“Expresso do Amanhã”: uma das melhores ficções científicas dos últimos anos finalmente desembarca nos cinemas brasileiros, mas, como diz o ditado, antes tarde do que nunca. Com Chris Pine e Tilda Swinton nos papeis principais, o filme de Joon-ho Bong mostra uma sociedade pós-apocalíptica, na qual toda a população do planeta Terra foi reduzida a um trem que circula eternamente pelo mundo, completando uma volta a cada ano. Mindfuck total.

Homem irracional”: em mais um drama repleto de diálogos carregados, reflexivos e emocionais, ao mesmo tempo em que traz uma análise sobre o comportamento humano, Woody Allen volta a trabalhar com Emma Stone que, dessa vez, vem acompanhada de Joaquin Phoenix e Parker Posey, em meio a crises existenciais e filosóficas.

Shows:

Lançamento do EP de Joyce Cândido, Acqua Ipanema: a sambista lança, nesta sexta-feira (dia 28), um EP abastecido de quatro canções com o selo da Warner Music Brasil. No repertório, músicas de Paulinho Moska, Zé Renato, Zé Ricardo, Nelson Cavaquinho e uma parceria de Joyce com Roberto Pontes. Isso sem contar com canções do DVD “O bom e velho samba novo”.

 A primeira faixa do EP de Joyce, “Hoje não”, é uma música escrita especialmente para ela e vai ser um dos grandes momentos da apresentação (Foto: Patrick Villela)

A primeira faixa do EP de Joyce, “Hoje não”, é uma música escrita especialmente para ela e vai ser um dos grandes momentos da apresentação (Foto: Patrick Villela)

Festival de Rap do Rio, Acadêmicos da Rocinha: depois de rodar o país e o mundo, Criolo volta à capital fluminense com a turnê de “Convoque seu Buda”, mas não chega sozinha. O artista participa do Festival de Rap do Rio e, no sábado, terá a presença dos grupos Oriente e 3030.

Thiago Pethit, Solar Botafogo: já há algum tempo sem se apresentar no Rio, Pethit traz a turnê do seu elogiado disco Rock’n roll sugar darling” para a urbe maravilha, no sábado. Aqui, você lê uma entrevista exclusiva com o cantor sobre a nova fase na carreira, ícones, playback e muito mais.

Paulinho Moska, Miranda: o cantor e compositor faz a pré-estreia do show inédito “Violoz”, na sexta e no sábado, no qual usa vários tipos diferentes de violão (das cordas de náilon ao ukelelê) para apresentar os seus principais hits, incluindo as novas regravações para “Enrosca”, que entrou para a trilha sonora de “Império”, e “Terra”, para a novela “Sete Vidas”.

Skank, Circo Voador: o grupo mineiro chega à lona mais famosa e histórica da cidade com a turnê de seu mais recente álbum, “Velocia”. Para melhorar ainda mais a noite do sábado, a abertura do espetáculo fica a cargo da banda Dônica.

Festas:

“Mi Amore”, La Cueva: acostumada a ter o máximo do underground na noite carioca, a La Cueva, na Rua Miguel Lemos, recebe hoje a primeira edição da festa “Mi amore”, que traz como premissa “amor em tempos de guerra, ritmos quentes, hits retrô, Itália cafona e latinidades sensuais”.

“Minha luz é de LED contra-ataca!”, La Paz: provavelmente uma das melhores descobertas cariocas nos últimos carnavais, o bloco não quer perder seu brilho ofuscante entre um fevereiro e outro e, seguindo a onda de outros colegas da folia, arma a sua primeira festa indoor amanhã, com desconto na entrada para quem chegar piscando (literalmente).

Bloco "Minh luz é de LED" faz sua primeira festa indoor (Foto: Michelle Castilho)

Bloco “Minh luz é de LED” faz sua primeira festa indoor (Foto: Michelle Castilho)

“Enquanto corria o bloco”, Espaço XV: reforçando o fervo do Arco do Teles e a ideia de que carioca realmente não consegue se contentar com apenas um carnaval por ano, o show do “Enquanto corria o bloco” pede ajuda para a festa “Hey Joe”, agitando o centro do Rio da noite de amanhã até 6h de sábado, com música brasileira, marchinha e toda aquela mistura de ritmos animados.

“King-se”, La Paz: aproveitando que dia 29 é o Dia da Visibilidade Lésbica, o “Drag-Se” lança mais um episódio da sua websérie documental, ao mesmo tempo que “homenagea todxs xs sapatões que colocam seus caminhões no sol todo dia”. Muita música, glitter, fechação, lacração e bate-cabelo.

Teatro:

"Chaplin, O Musical" fica em cartaz no Vivo Rio até domingo (Foto: Divulgação)

“Chaplin, O Musical” fica em cartaz no Vivo Rio até domingo (Foto: Divulgação)

Chaplin, O Musical”, Vivo Rio: com Jarbas Homem de Mello e Marcello Antony nos papeis principais, o musical inspirado no espetáculo da Broadway traz para o Rio um espantoso profissionalismo na produção e na composição das músicas (com três faixas originais), enquanto revisita a trajetória de um dos maiores ícones mundiais do cinema. Com direção de Mariano Detry e produção dividida entre Cláudia Raia e Sandro Chaim, a peça fica em cartaz só até domingo. Aqui, você lê uma entrevista exclusiva com Marcello, que fala sobre o personagem, sua fama de galã e os novos projetos da carreira.

“Estúpido Cupido”, Imperator: baseada na novela que fez sucesso na década de 1970 na Rede Globo, a montagem traz de volta a atriz Françoise Forton no papel de Tetê. Com direção assinada por Gilberto Gawronski e roteiro de Flavio Marinho, o musical foi descrito como “delicioso em todos os sentidos” pelo nosso crítico Rodrigo Monteiro. A avaliação, na íntegra, você confere aqui.

Por amor ao mundo”, CCBB: com texto de Marcia Zanelatto e direção de Isaac Bernat, a peça atravessa momentos e pensamentos da filósofa e cientista política alemã Hannah Arendt, interpretada por Kelzy Ecard. No elenco, ainda estão Carolina Ferman, Gabriel Vaz e Michel Rubin.

Arte e Gastronomia:

É pura épura”, Artur Fidalgo Galeria: completando 15 anos, a galeria da Siqueira Campos, em Copacabana, traz a exposição de José Damasceno, que retorna com seis objetos inéditos ao local onde apresentou uma individual em 2006.

Aniversário TT Burguer, Arpoadorao completar dois anos de muitas delícias servidas pelo chef Thomas Troisgros, o projeto do grupo Reserva é quem dá o presente para o público, investe ainda mais no delicioso ketchup de goiaba e, na sexta, distribui senhas entre as 18h e as 19h para os 100 primeiros que chegarem na filial do Arpoador poderem degustar o famoso hambúrguer.

TT Burguer comemora dois anos com 100 hambúrgueres grátis

TT Burguer comemora dois anos com 100 hambúrgueres grátis

Movimentos”, Caixa Cultural Rio: a política chega com cara pop através das serigrafias do artista André de Castro, que exibe retratos de alguns jovens que participaram dos movimentos políticos de 2013, tanto no Brasil quando na Grécia, Turquia e Estados Unidos.

Exposição "Movimentos" leva política com estética pop ao CAIXA Cultrual Rio

Exposição “Movimentos” leva política com estética pop à Caixa Cultural Rio

Pesquisas relacionadas