Quotes

Post de Juliano Cazarré causa polêmica: “Mães solteiras são heroínas, mas dificilmente saberão transmitir os valores da masculinidade”

Tudo começou quando o ator publicou um vídeo em que um gorila protege sua família durante uma caminhada e disse: "A masculinidade faz do mundo um lugar mais seguro. PS1: Quem tem um pai legal sabe"

Publicado em 04/11/2019 | Por Heloisa Tolipan

*Por Karina Kuperman

Uma postagem de Juliano Cazarré causou polêmica no Instagram nesse final de semana. O ator publicou um vídeo de um gorila liderando sua família durante uma caminhada e falou sobre masculinidade. “A masculinidade é uma construção social… Só que não! PROVER E PROTEGER: a masculinidade faz do mundo um lugar mais seguro. PS1: Quem tem um pai legal sabe. PS2: Esse gorila é mais cavalheiro do que muito homem por aí… dorme com esse barulho”, disse, na legenda. Diante dos protestos de diversos seguidores, que chegaram a falar que ele tem uma “mente atrasada” e dizer que “é mais um homem que precisa se afirmar macho na internet”, Juliano rebateu: “Defender que homens cuidem da família é um atraso. Tá explicado porque tem tanto homem frouxo abandonando a família hoje em dia”, disse.

Postagem de Cazarré rendeu assunto (Foto: Reprodução)

Uma seguidora levantou: “Por que homem falar que gosta de cuidar e proteger sua família é interpretado como ofensivo?”, e Juliano arriscou: “Porque essa turma odeia homens”. Uma outra seguidora disse: “55% dos lares brasileiros são compostos por mães e filhos. Pesquisa”. Juliano não deixou quieto: “É muito prejudicial para os meninos crescerem sem uma figura masculina. Mães solteiras são heroínas mas dificilmente saberão transmitir os valores da masculinidade”, afirmou. “Apaga que dá tempo. Quanta ignorância! A gente não precisa de homem que cuide e seja provedor, precisa de homem que faça análise e saiba que está quase em 2020 repetindo groselha de 1940… credo, Juliano. Que vergonha IMENSA”, criticou uma outra seguidora.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nessa segunda, Juliano fez outra postagem para falar sobre a repercussão da anterior: “Fiz um post de um gorila protegendo sua família e me chamaram de machista, fascista e taxidermista. Uma turma começou a me atacar e o bagulho foi parar na internet e no Twitter”, disse. “Meu número de seguidores aumentou. Isso só prova que muitas pessoas concordam e estão ansiosas em ouvir o óbvio. Homens: cuidem de suas famílias. Obrigado, gorila. Grande dia”, completou.

Pesquisas relacionadas