Música & Badalo

“Prefiro o que me faz sentir a vida pulsando”, diz a cantora Julia Vargas sobre as novas opções de plataformas

A cantora conversou com o Site HT e falou sobre o encerramento da turnê de Pop Banana, com participações de Zélia Dunca, Illy e Rodrigo Garcia, hoje, no Theatro NET Rio

Publicado em 28/03/2019 | Por Heloisa Tolipan

A cantora Julia Vargas encerra a turnê do disco POP Banana, no Theatro Net Rio (fotos Marcos Hermes)

*Por Rafael Moura

Recebida pela crítica como uma das vozes mais potentes da nova geração, Julia Vargas encerra a turnê do elogiado álbum Pop Banana, lançado em 2017 pela Biscoito Fino, com uma apresentação hoje, no Theatro NET Rio. A noite que fecha o ciclo do projeto – Julia prepara um novo álbum para 2019 – terá convidados especiais: Zélia Duncan, a cantora baiana Illy e Rodrigo Garcia, parceiro de longa data. “Fazer essa turnê tem sido tão bacana que não encaro como um encerramento e sim como uma transição para o novo trabalho. Até porque é uma continuação”, conta Julia Vargas, acrescentando: “Estamos definindo o nome. Já posso adiantar que a Zélia foi convidada e irá gravar Maluca nesse novo CD”, uma canção de Luis Capucho que foi gravada por Cássia Eller. “Essa música será apenas voz e violão comigo Zélia e Rodrigo”.

“Eu a Zélia participamos de um show no Rock in Rio 2015 em homenagem a Cássia Eller. Mas foi a Elba Ramalho em um sarau em sua casa que nos apresentou e foi amor à primeira vista. Ficamos muito amigas e neste show ela canta Maluca, uma música que é um tributo a Cássia, que foi minha madrinha de alguma forma, pois, estou no selo Porangarete”.

Illy e Julia dividirão “Samba Jambo“, canção de Jorge Mautner e Nelson Jacobina, uma das pérolas de Pop Banana. “A Illy eu já estava namorando de longe, nós íamos ao show um da outra e ficamos pensando sempre em fazer algo juntas. E veio essa oportunidade”, conta Julia rendendo homenagens a baiana da nova geração da MPB.

No repertório de Pop Banana, Júlia Vargas propõem algumas releituras de músicas de medalhões como João Bosco, Aldir Blanc, Jorge Mautner e Tom Zé, e registros de novos compositores, como Victor Lobo, Ivo Vargas, André Vargas, Marcos Mesmo, Carlos Posada e Claos Mózi (autor de três músicas do álbum, incluindo a faixa título).

Mesclando o repertório do disco de 2017 com o que está em produção, Julia aproveita o entrosamento com o trio formado por João Bittencourt (acordeão), Marcos Luz (baixo) e Gabriel Barbosa para testar e ir esquentando o novo repertório. Dentre as surpresas, “Pé na Areia“, sucesso na voz de Diogo Nogueira, e que será o primeiro single do novo disco de Julia. O show ainda conta com as performances das artistas Vanessa Garcia (que assinou a direção artística do Pop Banana, ao lado de Julia) e da drag Mama Horn, que dubla Julia ao vivo.

Sobre as transformações do mercado fonográfico, Julia conta que não pensa muito nisso, prefere deixar o seu lado artístico fluir. “Eu prefiro o que me faz sentir a vida pulsando. O que me dá emoção. Eu fico flutuando entre uma sonoridade cult e a pop para tentar acompanhar essas mudanças, mas não é minha prioridade”, explica a cantora que o álbum Pop Banana foi uma tacada para abraçar seus fãs e conquistar novos.

Serviço:

Show: Pop Banana Júlia Vargas

Local: Theatro Net Rio

Endereço: Rua Siqueira Campos, 143 2º piso

Telefone: (21) 2147-8060

Horário: 21h

Classificação:12 anos

Pesquisas relacionadas