Gente & Comportamento

Sensível e afetuoso: Naná Karabachian lança canal no YouTube de entrevistas com personalidades

“Eu acho que o mundo está acabando por falta de duas coisas: humor e amor”, conta a criadora do canal “Hora de Naná, com boas histórias e uma versão mais próxima e humana de famosos e amigos de longa data

Publicado em 28/09/2018 | Por Anna Castro

“Você gostou do programa?”, essa é a primeira pergunta que a empresária Naná Karabachian faz para as pessoas ao conversar sobre o seu “Hora de Naná”. Dia 12 de setembro, o primeiro episódio estreou no canal com a atriz Adriana Esteves e mais dois estão para ser lançados, uma entrevista com Thiago Martins e um papo reto com Preta Gil. O projeto foi idealizado por Monique Gardenberg e com uma sofisticada ficha técnica: direção da própria Monique e de Guilherme Leme Garcia, direção de fotografia de Fernando Young e produção da Dueto. Com uma conversa em ritmos de terapia, Naná fala de si, do mundo e de como sua intensidade e sensibilidade funcionam no canal e na vida.

Intensa, sincera, com a autoestima em dia e cheia de amor: é a melhor descrição para introduzir Naná. A empresária Naná Karabachian é paulista, a caçula de 4 irmãos, com avós armênios, tem 51 anos e já produziu quase todos os grandes nomes da Música Brasileira, além de trabalhos em festivais, teatro e cinema. E agora, parte da nova geração do YouTube. Depois de mais de 20 anos nos bastidores, a criação do canal surgiu como toda ideia boa: inesperadamente, ao conversar com sua amiga e diretora do canal, Monique Gardenberg sobre incertezas e inseguranças. “Eu estava em um bate-papo, então ela disse: ‘Naná, acho que você deveria pegar essa cereja que você colocou no bolo de todo mundo a vida inteira e inserir também no seu bolo’, e sugeriu um programa de TV. Eu estava crente que seria a coordenadora artística e ela diretora, como muitos projetos. Então, ela falou que eu tinha um carisma, uma confiança e e algo que só Hebe Camargo tinha. Fiquei chocada. Ela começou a conversar com os sócios e, depois de um tempo, Monique me chamou pra conversar e disse para gravarmos sem compromisso e experimentar. Eu confio nela e no bom gosto de seu trabalho. Então, fomos! Lá tinha maquiador, cabeleireiro, toda aquela equipe, tudo que eu não estava acostumada. Agora eu sou a pessoa do outro lado!”, comentou Naná sobre o começo de uma nova vida. O YouTube, segundo a produtora de conteúdo, foi a opção para usar seu programa em larga escala.

Naná Karabachian em sua festa de estreia. Foto: Divulgação

Naná Karabachian em sua festa de estreia. Foto: Divulgação

O primeiro vídeo é extremamente significativo: Naná é empresária e amiga de Adriana Esteves há 28 anos. Mas, segundo ela, todas as conversas são especiais. “Cada entrevista tem um pedacinho de mim e em cada uma tinha uma Naná diferente. Quando você encontra alguém ou se relaciona, tem um lado seu que se desenvolve mais.Posso ser múltipla. Todas são parte do ‘eu’. É intuitivo. E é a primeira vez que minhas relações estão sendo filmadas. Um amigo, por exemplo, disse para mim: ‘Naná, você fez isso a vida inteira, só não tinha câmera!’”, contou.

A empresária é extremamente animada e sua voz já transmite como gosta de trocar sempre com o outro. No canal, demonstra seu poder de ouvir e se importar realmente, além de mostrar de forma sincera a humanidade das pessoas que normalmente só se conhece pela TV e pelas redes sócias. Quanto a seu ouvido cuidadoso, Naná diz que vem desde muito tempo. “Eu sempre fui assim, mas acho que com a idade você vai aprendendo mais a ouvir. Até mesmo se você não concordar, é na diferença que você cresce. Quando você vê opiniões que não são a mesma que a sua, mas que te fazem discutir, pensar e se atentar ao olhar do outro. Na juventude você quer falar, se auto afirmar, acha que sabe mais e isso é normal, eu fui assim. Mas, desde bem menina eu troquei muito. Na minha família, eu ouvi bastante. Tudo era intenso, ninguém ama pequeno lá. Tudo é grande. E eu sou a caçula e observava muito meus irmãos”, contou a nova youtuber.

INTERNET E DESCOBRIMENTO

Segundo Naná, o canal ainda está em processo de descoberta. “É muito novo para mim também e a internet é algo urgente. Tudo muito rápido. Eu estou me educando ainda. A minha essência vai estar ali, mas os caminhos que eu vou abrir, o que eu vou aprender e descobrir eu não sei ainda, mas o que estiver ali é de verdade”, contou Naná.

Adriana Esteves e Naná são amigas e parceiras de trabalho há 28 anos. Foto: Arquivo Pessoal. 

E sobre ser verdadeiro, Naná acredita na importância do YouTube para mudar nossa relação com a internet. “No meu tempo, nós não tínhamos nem um terço dessas informações e algumas delas podem mudar vidas, direções e olhares de um jovem, por exemplo. Quanto mais tiverem, melhor. Eu estou lendo os comentários da entrevista com a Adriana e eu comecei a chorar de emoção com tanta sensibilidade. Se esses conteúdos no YouTube trouxerem informação, tomara que eles usem isso para vida. O que eu li nos comentários foi a identificação da pessoa humana que ela é. Enquanto Adriana falava que tinha medo de perder quem ela amava, eu falei que tinha medo de gato! As pessoas podem falar as verdades delas. Se esses canais trouxerem as pessoas cada vez mais perto delas mesmas, eu acho válido. Eu acredito que o mundo está acabando por falta de duas coisas: humor e amor. As pessoas têm uma fúria e umas revoltas dentro dela. É radical demais e isso vai distanciando as pessoas. Sem diversão, sem humor e sem amor, não existe. Não adianta você pegar uma pessoa que acabou de roubar e enfiar numa jaula e esquecer, bater. Vai sair de lá e vai fazer pior, a revolta vai aumentar. Ninguém tem mais paciência com o outro”, argumentou.

O próximo programa, com Preta Gil, também feito com muito afeto e sinceridade. Foto: Divulgação.

RECOMEÇOS

Naná é de uma nova onda de mulheres youtubers que vem trazendo todo o tipo de conteúdo. Agora, em crescente número, as mulheres vem rebatendo o fato de serem hostilizadas na internet e no YouTube. Um exemplo claro é sobre mulheres na ciência. Segundo o estudo de Inoaka Amarasekara, pesquisadora australiana em comunicação científica, as mulheres que possuem canais no YouTube sobre ciência, tecnologia, matemática e engenharia recebem mais comentários, curtidas e inscritos do que os homens, mas 14% das mensagens para elas são de comentários maldosos e críticos, tornando o ambiente virtual hostil para as produtoras de conteúdo. Naná afirma ser necessário trilhar um caminho ainda. “A mulher vem criando uma força interna muito bonita e admirável. E junto com essa força, vem muita coragem de enfrentar a criação que teve, as crenças dos avós, dos pais, de ter que ser dona de casa, ter filhos e cuidar da casa. E essa mulher ainda está se educando internamente sobre isso. O discurso fala mais alto às vezes na rua, mas é difícil colocar isso no dia a dia sempre. Essa força está chegando e essa coragem está levando as mulheres a criarem, ter criatividade e dar a cara a tapa. E fazer o certo é fazer aquilo que te faz bem”, afirmou Naná. Para mulheres ao redor do mundo e que precisam de incentivos para romper a barreira da hostilidade nas redes, Naná defende: “Corra atrás do que você acredita e não queira agradar ninguém. As pessoas que te seguem de verdade vão gostar do que for a sua verdade. Vai pela sua crença! É impossível e muito chato ser unânime. E se a sua verdade vai ecoar no ouvido de muita gente, então faça!”.

LANÇAMENTO

Para lançar e comemorar o novo projeto, Naná organizou uma festa e contou com a presença de personalidades conhecidas, amigos e colegas antigos de trabalho, como Adriana Esteves, Armando Babaioff, Bruno Mazzeo, Camila Pitanga, Claudia Abreu, Dado Villa-Lobos, Debora Bloch, Dira Paes, Du Moscovis, Elisa Lucinda, Fabricio Boliveira, Fernanda Freitas, Gloria Pires, Leticia Lima, Leticia Sabatella, Malu Mader, Mart’nália, Marcelo Serrado, Maria Luiza Mendonça, Preta Gil, Renata Sorrah, Thiago Martins e muitos outros.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O canal, com altas doses de sinceridade, é só um pouco da essência de Naná e isso, mesmo em fase de testes, cria a sensação de estar sentada naquele bar trocando risadas e confidências pessoalmente. É certo que o carisma de Naná vai te conquistar também. Em breve, os próximos episódios serão lançados  você pode acompanhar pelo canal, pelo Facebook e pelo Instagram @horadenana.tv.

Pesquisas relacionadas