Gente & Comportamento

Dr. Alessandro Martins esclarece a dúvida: o Inverno é a melhor época para se fazer uma cirurgia plástica?

Em sua coluna quinzenal no site HT, o cirurgião plástico comenta: "Vale ressaltar que, no Outono ou Inverno, a menor intensidade dos raios solares ajuda na qualidade cicatricial. Mesmo não dispensando o uso dos protetores solares, o sol forte em áreas cirúrgicas pode prejudicar ou escurecer as cicatrizes. Outra vantagem seria o período de recuperação. É comum pacientes fazerem cirurgias nestas estações do ano para melhorarem o contorno corporal e, quando chega o Verão, usarem suas roupas de banho com a autoestima renovada"

Publicado em 22/08/2019 | Por Heloisa Tolipan

*Por Dr. Alessandro Martins

O período do meio do ano entre o Outono e Inverno é considerado dos mais agradáveis para as cirurgias plásticas. Muitos (as) pacientes preferem ser submetidos aos procedimentos durante estas estações com temperaturas climáticas mais amenas, pois o uso da cinta, do sutiã cirúrgico, das placas de contenção, tiras de silicone e meias elásticas de média compressão costumam ser incômodas ao corpo nos meses mais quentes.

Outra vantagem durante as temperaturas baixas seria o menor edema, porque no calor as paciente tendem a ficar mais inchadas e isso incomoda. Porém não há um prejuízo real à cirurgia ou ao resultado cirúrgico nos meses mais quentes. Independente da estação do ano, a drenagem linfática pode muito bem aliviar o desconforto da paciente.

Vale ressaltar que, no Outono ou Inverno, a menor intensidade dos raios solares ajuda na qualidade cicatricial. Mesmo não dispensando o uso dos protetores solares, o sol forte em áreas cirúrgicas pode prejudicar ou escurecer as cicatrizes. Outra vantagem seria o período de recuperação. É comum pacientes fazerem cirurgias para melhorarem o contorno corporal e, quando chega o Verão, usarem suas roupas de banho com a autoestima renovada.

Alessandro Martins (Foto: Marcio Farias)

Portanto, se você, leitor (a) pensa em se submeter a um procedimento cirúrgico saiba que o período mínimo de não exposição ao sol é de três meses. Depois, poderá aproveitar o resultado cirúrgico nas praias e viagens nas estações quentes além, é claro, no período festivo de final de ano.

Muitas mães também acompanham o pós-operatório dos filhos que estão em férias escolares nos meses de junho e julho. O importante é que o período do pós-operatório seja tranquilo, confortável e bem planejado para um bom resultado cirúrgico.

Contato: Dr. Alessandro Martins

Facebook: clique aqui 
Instagram: @dr.alessandromartins

Site: www.dralessandromartins.com.br

Pesquisas relacionadas