Gente & Comportamento

#Atitude50: ao contar duas histórias de perda e também de muito sentimento, Kika Gama Lobo nos relembra que é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã

Nossa colunista, que fala semanalmente sobre assuntos da maturidade com humor, força e sensibilidade, faz mais um lindo texto sobre a condição humana

Publicado em 26/10/2017 | Por Junior de Paula

*Por Kika Gama Lobo

Não o conheço pessoalmente, mas o diário de dor de João Candido , filho do genial pintor Portinari no Facebook após a morte prematura de sua filha Maria Candida, a Pinguinha, virou uma espécie de webserie do partir. Ele, um pai amoroso, nos lembra e relembra quase diariamente  a pureza do amor, a entrega de um pai à saudade e sobretudo a estranheza da incompreensão da morte. Partida banal. Muito banal. E achei de uma delicadeza desconcertante a ideia da publicitária Kiki Gouvêa, ao ser curadora da exposição dos 35 anos do Fashion Mall, chamar João para protagonizar uma das fotos mais emblemáticas da mostra.  Pinguinha passeava sempre pelo local e  João comentou que percebe sua filha nos corredores do shopping  e assim – de uma maneira pouco convencional –  Kiki aproveitou para homenagear a menina ao mesmo tempo em que badala o shopping. No peito, signé Miguel Sá, João nos revela a tatuagem “ Maria Candida mora aqui” , do lado esquerdo do peito. Who needs more?

Me lembrou a história da Pousada La Belle Bruna em Araras, na serra fluminense. O nome de batismo do hotel boutique é uma homenagem à filha Bruna, morta no local. Tudo lá é lindo. Tudo lá é perfeito. Tudo é de uma beleza maravilhosa. Então, de uma forma  às avessas, Maria Cândida e Bruna nos levam para outro plano e nos fazem refletir que é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã. #ficaadica

EXPOSIÇÃO 35 ANOS FASHION MALL, até 19 de novembro

Estrada da Gávea, 899, São Conrado

LA BELLE BRUNA

Rua das Peróbas, 235 – Araras – RJ, 25725-380

Telefone(21) 9838-5027

Pesquisas relacionadas