Arte & Literatura

Leticia Spiller mostra verve escritora em livro com textos feitos durante 20 anos: “Essa era a hora”

"Mais de Mim", obra com poesias da atriz, reúne textos textos escritos ao longo dos últimos 20 anos com ilustrações de Maureen Miranda. O lançamento rolou neste fim de semana, no Rio

Publicado em 24/09/2018 | Por Junior de Paula

Leticia Spiller e Maureen Miranda (Foto: Roberto Filho / Brazil News)

Leticia Spiller é uma artista no sentido mais amplo da definição do ofício. Aos 45 anos, com mais de duas décadas de carreira, ela segue acumulando funções. Além de atuar, cantar, dançar, produzir ela, agora, compartilha com o público mais um de seus talentos: a escrita. Neste fim de semana, ela trouxe à vida o livro de poesias “Mais de mim”, pela editora DVS, com noite de autógrafos na Livraria da Travessa, do Leblon. A obra mostra um lado não muito conhecido de Leticia, mas, mais do que isso, mostra o que ela tem por dentro, já que reúne textos que Spiller escreveu ao longo dos últimos 20 anos.

Leticia Spiller e Maureen Miranda (Foto: Roberto Filho / Brazil News)

Escrever é inspiração. É algo que surge de repente. Não existe isso de você sentar e dizer: agora vou ficar inspirada e vou fazer. Tem a ver com sentimentos, com o momento… eu me permito sentir isso. E aí vem. Esse livro tem textos de um período longo da minha vida, tem amadurecimento nele, tem questionamentos, confissões… Estou muito feliz de compartilhar com o público”, explica Leticia, que recebeu amigos, como Dan Stulbach, e familiares, como o filho, Pedro, fruto de seu primeiro casamento com o ator Marcello Novaes. “Minha mãe é 100% artista. Ela é incrível. Esse livro tem poemas de anos e anos. Acompanhar esse momento dela é muito legal. Minha mãe é muito incrível”, emociona-se Pedro, que, atualmente integra a banda Fuze. “Acabamos de lançar um EP. Temos o projeto de um turnê. Estamos trabalhando muito”, anuncia.

Pablo Vares, Leticia Spiller e Pedro Novaes (Foto: Roberto Filho / Brazil News)

Além da emoção de estar compartilhando seus pensamentos em “Mais de mim” com o público, Leticia não conteve a alegria ao ter a mãe, Valery Monteiro Spiller, de 86 anos, no local. A tia Maria Thereza Spiller Dantas, de 84 anos, também fez questão de prestigiar a artista. O músico e namorado Pablo Vares, de 29 anos, foi um dos convidados da noite especial. Ele chegou pouco minutos após o início do evento e permaneceu até o fim “Fico feliz de vê-la expondo essa outra faceta artística para o público. O livro tem muito da intimidade dela, retrata momentos pessoais”, conta Pablo.

Maureen Miranda, Leticia Spiller, sua tia Maria Thereza e sua mae, Valery Monteiro Spiller (Foto: Roberto Filho / Brazil News)

É um dia de muita felicidade. Ter todas essas pessoas ao meu lado aqui. Esse é um trabalho muito especial e, ao mesmo tempo, muito íntimo. Nunca tinha compartilhado esses meus escritos com o público”, conta a artista. Ao seu lado assinando o livro, estava a amiga e ilustradora da obra Maureen Miranda, sobre a qual, Letícia é só elogios. “Maurenn é muito talentosa. Eu amo as ilustrações dela e fiquei muito feliz de ter o talento dela ilustrando meus textos. Tínhamos tantas opções legais, que foi difícil essa seleção das imagens. Mas o resultado ficou exatamente como eu imaginei. Para dizer a verdade, superou as minhas expectativas” conta Spiller, que vê na obra uma oportunidade para o público conhecê-la de uma outra forma. “As pessoas conhecem a imagem, estão acostumadas comigo dos meus trabalhos na TV. E os textos são muito pessoais. É uma maneira de saberem quem eu sou. Por isso o nome do livro faz tanto sentido: “Mais de mim””, enfatiza.

Dan Stulbach (Foto: Roberto Filho / Brazil News)

O projeto nasceu por sugestão do consultor de histórias britânico, James McSill, a quem Leticia chama de o padrinho-mágico, em conversas na Europa, em 2016, quando filmavam em Portugal. Com quase duas décadas de escritos, Spiller conta motivo de demorar tanto para compartilhar esse outro lado com o público. “Faltava coragem, mesmo (risos). Mas acho que está acontecendo no momento certo. Acredito, de verdade, que tudo tem um motivo. Essa era a hora”, reafirma. 

 

 

Pesquisas relacionadas